Pets abandonados durante a pandemia cresce 91% em BH

Essa é uma daquelas notícias que a gente não gostaria de compartilhar, mas a noção da realidade por vezes nos ajuda a prestar mais atenção em assuntos que são muito importantes. Segundo a Prefeitura de Belo Horizonte os casos de abandono de pets cresceram mais de 90% durante a pandemia.

De um modo geral, a impressão que se tem é que o isolamento causado pela COVID-19 impactou em extremos a vida dos bichinhos. Primeiro veio a onda de adoção, quando as pessoas tiveram que passar mais tempo em casa – falamos aqui do aumento de adoções de gatos em Minas Gerais -, porém, de um tempo pra cá os casos de abandonos têm ficado cada vez mais frequentes.

Cachorro abandonado

Nós já havíamos alertado há quase um ano sobre o risco de mais cachorros e gatos serem abandonados com o afrouxamento do isolamento social ou fim da pandemia e, infelizmente, a nossa previsão vai se confirmando.

Petlovers, unamo-nos!

É claro que a gente não vai aceitar de braços cruzados esta situação e continuaremos a reforçar aqui no Blog da Petlove que o abandono de animais é CRIME! E nenhuma situação pode justificar deixar um pet sem casa e sem amparo da noite pro dia.

Nem mesmo aqueles casos em que uma pessoa com pet venha a falecer, já que os herdeiros e familiares são responsáveis por assumir a responsabilidade pelo bichinho ou garantir que ele seja adotado por uma nova família, que vá cuidar e dar todo carinho que o peludinho merece.

Vale lembrar que a porcentagem em BH assusta, mas é apenas um reflexo do que acontece no restante do País, pois há um aumento de cerca de 70% nos casos de crime por abandono de animais em relação a 2020.

Por isso, é muito importante que todo petlover não só incentive a adoção responsável, como também fique atento aos possíveis casos de maus-tratos ou abandono de peludinhos. Caso suspeite ou presencie um crime desses, entre em contato com o Ibama (0800 61 80 80), Disque Ambiente (0800 11 35 60), Disque Denúncia (181) ou Polícia Militar (190).

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e que não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.