Por que os pets são proibidos na maioria das praias?

A gente se acostumou a ver nos filmes aquelas cenas lindas com cachorros correndo livremente pela praia, brincando na areia e depois nadando no mar, por isso, queremos fazer o mesmo com os nossos filhos de quatro patas, mas a verdade é que repetir as cenas da ficção não é tarefa fácil nas praias brasileiras.

Primeiro porque é a Lei Municipal que determina se a praia pode ou não receber pets. Então, antes de preparar o seu bichinho para dias de brincadeira na areia, certifique-se que a praia escolhida está liberada legalmente para o peludinho. No Rio de Janeiro, por exemplo, apenas em outubro do ano passado entrou em vigor uma Lei permitindo que os cães pudessem frequentar as praias – desde que com a utilização de guia e que o responsável porte um certificado de vacinação e vermifugação.


O assunto gera discussão entre as pessoas, umas são contrárias à presença de animais, enquanto outras não veem problemas em dividir o espaço de lazer com os pets. O fato é que quem tem um bichano em casa pelo menos uma vez já cogitou levá-lo para um passeio à beira-mar.

Um dos principais motivos de preocupação com a presença de cães e gatos na praia é porque as fezes dos bichinhos podem conter algum tipo de verme que transmite doenças para os humanos. Por isso, tão importante quanto falar em liberação de pets nas praias é ressaltar a importância da conscientização dos pais sobre os cuidados com higiene dos bichanos em locais públicos.

Se você é pai ou mãe de pet e quer levar seu filho para este tipo de passeio, cuide dos detalhes para que o bichinho e as demais pessoas possam curtir a praia tranquilamente. Veja abaixo algumas de nossas dicas:

Não vamos a la playa

Você melhor do que ninguém conhece o seu pet e é capaz de saber suas vontades. Se em casa o seu filho de quatro patas não curte muito ficar exposto ao calor e fica desconfortável quando está em contato com o sol ou mormaço, nem adianta levá-lo pra praia, certo? Os gatos até apreciam os banhos de sol, mas pra eles nada melhor do que o conforto e a segurança do lar. Nem mesmo a brisa do mar será capaz de aliviar o estresse que uma praia causará no felino.

Saúde em dia 

Quando você vai frequentar a piscina do clube não tem que fazer aquele check-up? Então, com o pet a história é parecida. Leve-o para fazer uma visita prévia ao médico veterinário, que analisará o atual estado de saúde do animal e verificará a presença de algum parasita. Não esqueça de certificar-se de que a carteira de vacinação também esteja em dia.

Lado a lado

A guia não pode ser esquecida, mesmo que seu filho seja super comportado e obediente. Como a praia costuma ser um local de bastante movimentação, mantenha seu bichinho sempre por perto para evitar que ele se perca.

Um olho no peixe e outro no… 

Bom, nesse caso não precisa completar a frase do jeito padrão, afinal, como já comentamos, o gato dificilmente curte um passeio ao ar livre. Mas se for levar seu cãozinho para dividir o guarda-sol com você, mantenha os olhos nele o tempo tempo. O ambiente da praia vai oferecer diversas “tentações” a ele, e algumas podem ser bem perigosas. Da porção (oleosa) de frango do vizinho, até a presença de outros animais ao redor, preste atenção aos movimento do cachorrinho para evitar qualquer problema. 

Alimentação e higiene

Quando levar o seu peludinho pra praia, planeje-se para ficar por pouco tempo, escolhendo o melhor horário para que o bichinho não sofra com o calor intenso. Porém, mesmo que o passeio seja por um período curto, não abra mão de estar preparado para dar conta de atender todas as necessidades do animal, como por exemplo, a alimentação (lembre-se da hidratação do animal), o uso de protetor solar específico e, claro, de recolher toda a sujeira que ele fizer.

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

É jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

23 Comentários

  • Eu gostaria muito de levar meu pet, mas com tanta frescura e encheção de saco por causa dos bichinhos, não vou levar. Fico às vezes pensando que o bicho humano faz bem mais sujeiras nas praias do que os pets. Fazem xixi onde não deve, às vezes defecam, e jogam latinhas e plásticos que demoram anos pra se decompor, matam seres marinhos, fazem tanta coisa muito mais errada do que nossos animaizinhos de estimação…contudo sejam vacinados, bem tratados vamos sempre encontrar alguém falando mal ou indagando. Melhor não levá-lo, para não ter aborrecimentos.

    • Eu penso que os humanos são um inferno na vida dos animais,seres tão puros e inocente que só nos fazem bem.Quem sujam as praias são eles,com seus lixos e porcarias,não tenho coragem de levar meus bichinhos na praia,podem se contaminar com o que os humanos descartam lá.

  • Eu acho q pets podem frequentar praia. Os meus três vem comigo mas não levo a areia. Eles se estressam. É mt calor. Prefiro passear no calçadão com eles bem cedo ou no fim da tarde. Eles curtem mais ficar olhando à praia da varanda! Adoram
    Ver o movimento na cadeira e fresquinhos.

  • Ninguém é dono da natureza, até parece que os seres humanos cuidam e se preocupam com o meio ambiente, porque hoje o que mais está importando nesse planeta e querer levar vantagem em tudo e pouco se lascando para todo o resto. Antes fosse habitado só por animais que não teria tanta maldade nesse mundo e ainda estão preocupados se as praias devem ou não serem frequentadas por animais, deveríamos sim era deixar debutantes hipocrisia.

  • Sou contra a proibição também de animais na praia, o ser humano que é sujo, nojento e sem noção e só olham para o próprio umbigo e sem nenhuma preocupação com a natureza e os animais, basta olhar a maioria das praias do nosso Brasil cheia de lixo, imundas e que são utilizadas pelos ditos seres humanos limpinhos. Também concordo que se as praias e a natureza fossem utilizadas somente por animais a situação seria bem diferente e garanto que não teria tanto lixo.

  • Sou a favor dos pets em todos os espaços se seus humanos forem educados. Existem pessoas mais “porcas”, mal educadas e agressivas que a maioria dos animais. No Rio é liberado!

  • Sou contra essa proibição…nossos animais são vacinados e vermifugados, e podemos transportar em ônibus, aviões, etc… enqto nas praias existem muitos animais que vivem no local, tendo donos ou não, então não há razão para não tê-los ao nosso lado…

  • Você não pode proibir um animal de estar na natureza. A praia não é sua. Você não comprou ela. O ser humano não sabe conviver com os animais e a natureza. Se acha dono do planeta terra e quer fazer as suas próprias leis no universo. Na real todos nós SERES HUMANOS é que deveríamos ser proibidos de ir à praia. Com certeza se ela fosse habitada somente por animais seria bem mais preservada e cuidada.
    Só to vendo ser humano hiper limpinho aqui comentando. Por favor ME POUPE !

  • Eu sou contra cachorro na praia shopping. Daqui a pouco vão quererem comerem na mesa de uma praça de alimentação com o cachorro. É muito mimi, gente é gente, cachorro é cachorro e ponto.

  • Muito boa a orientação! Já levei meu doguinho nas prais da BA e SC. É importante respeitarmos o espaço das outras pessoas! E sempre com a guia, e placa de identificação!

    • Humanos que são sujos, porcos e sem educação
      Sou a favor de liberação dos pets em horários específicos
      Fim da tarde
      Comecinho da manhã
      Períodos que não atrapalhem as pessoas e não estressem os cães

  • Sem sombra de dúvidas porqie muitos proprietários de pets não são pessoas preocupadas com o bem estar alheio quando isso depende delas.
    São pessoas que possuem os pets por ter, mas nem estão atentos para a higiene do animal, assim como, com sua saúde.
    Daí o problema de se permitir levar os pets para a praia.

  • Olá!
    Muito interessante este assunto que você abordou com muita clareza.
    Compartilhar informação de utilidade pública é sempre bem vinda.
    Parabéns!

      • Parabéns pela publicação
        Ficaria muito feliz se todas as praias do Brasil fossem legalizadas. Cuido muito bem dos meus filhotes de quatro patas, e sei respeitar o espaço de humanos que não gostam, nem entendem esse AMOR♥️🐶

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.