Precauções para Viagem de Carro Com Cães

Viajar é muito bom e com toda a família reunida é melhor ainda. Como os pets também são membros importantes dela, é natural que eles também embarquem nessa e passem as férias em lugares diferentes do habitual com seus donos. Porém, muitas dessas viagens são feitas de carro e para muitas pessoas é bem exaustivo e angustiante se manter em um ambiente apertado por muito tempo, então é fácil imaginar como é para os cães que necessitam de espaço para se movimentar e viver bem.

Alguns direitos reservados por sarahracha

Os cãezinhos precisam viajar com cinto de segurança ou dentro de caixa de transporte, pois isso garante que eles não se machuquem em uma freada brusca.

Para que a viagem seja confortável, segura e sem estresse para todos os ocupantes do carro, alguns cuidados podem ser seguidos para o transporte dos animais no veículo. Uma boa dica é evitar, se possível, dias ou horários muito quentes para dirigir, principalmente em uma viagem longa, pois o pet já estranhará a mudança de seu ambiente familiar e um carro muito quente pode piorar ainda mais a situação. Nesse caso, bebedouros portáteis e um veículo equipado com o ar condicionado em uma temperatura equilibrada para evitar um choque térmico podem ser a solução para o bem-estar do animal.

Os cãezinhos precisam viajar com cinto de segurança ou dentro de caixa de transporte, pois isso garante que eles não se machuquem em uma freada brusca. Se a escolha para o transporte for a caixa de transporte, o dono deve se certificar que o tamanho dela é adequado ao porte do cão, ou seja, com altura suficiente para que ele fique em pé e se deite com conforto dentro da mesma. A caixa de transporte precisa ser forrada com um paninho ou caminha e acoplada ao cinto de segurança, para garantir proteção ao pet e a todos os viajantes.

Assim como os seres humanos, os bichinhos também podem enjoar dentro do carro. Para prevenção, um médico veterinário poderá ser consultado para indicar uma medicação adequada para ser dada antes da viagem, assegurando que o animal fique mais tranquilo. É importante também dar pouca água e ração para o cãozinho no período de duas horas antes de cair na estrada, para que isso não contribua com um eventual enjoo.

Durante a viagem, a hidratação de todos os ocupantes é importante e consequentemente as paradas para ir ao banheiro também. O cãozinho pode se sentir acuado e se segurar para fazer suas necessidades no balanço do carro, então é recomendado fazer paradas entre cada duas horas para o pet esticar suas patinhas e fazer seu xixi com tranquilidade. Nesse caso é imprescindível que o dono use coleira guia e grade de segurança na janela dos carros para evitar uma fuga.

Com esses cuidados, a chegada do cãozinho ao destino será feliz, sem dor de cabeça e só alegria e sorrisos para todos que finalmente poderão aproveitar o que as férias têm de melhor a oferecer. Boa viagem!

Sobre o autor

Bruno Oliveira

Deixe um comentário