Pug

Você sabia que o Pug, esse fantástico cachorrinho de nariz achatado, foi o preferido de Josephine, esposa de Napoleão Bonaparte? Por existirem relatos em escrituras datadas do ano 700 A.C. de “cães de boca curta” acredita-se que essa raça de cachorro tenha se originado na China, e no ano 1 D.C há relatos de cães de focinho curto, enrugado e pernas curtas.

Características do Pug

Variações

Por volta de 1846 na Inglaterra, haviam duas linhagens da raça, Willoughby e Morrison, sendo que cada uma desenvolveu características diferentes na pelagem e no físico. Hoje em dia, devido a cruzamentos seletivos, não há variações físicas na raça, apenas na cor da pelagem

Tamanho do Pug

A raça tem uma altura média de 30 centímetros e o peso varia de 6 a 8kg.

Pelagem do Pug

Existem duas cores disponíveis, a abricot, com todas as suas variações, e a cor preta. Na cor abricot ou bege a máscara do rosto é preta assim como as orelhas. O pelo é fino, pequeno, delicado e lanoso.

Padrão da raça cbkc

No site da Confederação Brasileira de Cinofilia é possível encontrar o padrão da raça.

Temperamento do Pug

Carinhoso, apegado ao proprietário e eterno carente é um cão apaixonante. Gosta de ficar no colo e sempre junto ao proprietário.

Nível de atividade

Devido ao seu crânio braquiocefálico, não consegue ter longos períodos de atividade física pela dificuldade respiratória.

Atividade de guarda

O Pug não tem atividade de guarda, é um cão de pequeno porte de companhia.

Inteligência e obediência do Pug:

A raça foi classificada na colocação 57a. no livro “The Inteligence of Dogs” de Stanley Coren. Nas graduações do livro “A Inteligência dos Cães” graduações de 55 a 69 são postos os cães cuja capacidade de obediência e de trabalho é classificada como razoável, necessitando de até oitenta repetições para que aprendam um comando. Mesmo após terem aprendido, a obediência aparenta ainda ser fraca, e em apenas 30% dos casos, conseguem responder a uma ordem sem necessidade de repetição. Caso o treinador ou dono se afaste, o tempo de resposta e a obediência diminuem consideravelmente.

Cuidados com o seu Pug

Uma alimentação balanceada principalmente as super premium, onde os cachorros comem menos quantidade e tem um maior aproveitamento, com rações de boa qualidade com alta absorção e proteínas de alto valor biológico é o melhor que você pode oferecer ao seu cachorro. Confira nosso post sobre o assunto e descubra qual a melhor ração para o seu pet Siga as instruções de quantidade diária informada pelo fabricante para evitar acumulo de peso ou obesidade, que é muito comum na raça Pug. Passeios curtos para exercitar e desenvolver a musculatura das patas são importantes. Banhos semanais ou quinzenais com shampoo especial, e lembre-se, é preciso tomar cuidado para não entrar água dentro do ouvido, pois pode causar inflamação – assista esse vídeo com dicas para dar banho no cachorro! E claro, como todo cachorro de estimação gosta de ossinhosbifinhos, biscoitos e agradinhos, mas lembre-se que os  petiscos devem ser dados de maneira moderada. Geralmente eles se adaptam rápido em fazer xixi e coco nos tapetinhos higiênicos. Eles adoram brinquedinhos, principalmente bolinhas para brincarem. Eles adoram caminhas fofinhas para tirar uma sonequinha.

A saúde do Pug

Devido o seu nariz achatado, os pugs tem muita dificuldade em trocar calor com o meio ambiente (que é feito pela respiração geralmente ofegante) portanto eles não toleram ambientes muito quentes. Na literatura médica veterinária existem relatos de hipertermia com consequências graves ao Pug, portanto mantê-lo num ambiente agradável é muito importante. Recomendamos visitas anuais ao veterinário, além da ocasião das vacinações e a realização de exames complementares periódicos regularmente, após 5 anos de idade é recomendado acompanhamentos semestrais com exames complementares como exame de urina, exames para ver a função renal, exames para a função cardíaca e etc. Cuidados dentários são importantes, por isso recomendamos que desde pequeno realizem a escovação dentária do mesmo e quando houver necessidade um tratamento periodontal (erradamente denominado de limpeza de tártaro), assim como o oferecimento de petiscos que ajudam na limpeza dentária.

Dúvidas frequentes sobre a raça Pug

Solta muito pelo

Sim, como a maioria dos cães de pelo curto e fino, uma a duas vezes ao ano a queda se acentua e no intervalo existe uma queda pequena porém constante de pelo, escovação com rasqueadeiras ou produtos específicos contra queda de pelo como o furminator conseguimos controlar facilmente a queda de pelos. Banhos semanais com shampoo especial podem ajudar a controlar a queda de pelos.

Qual o clima mais adequado para o Pug

Sem sombra de dúvida o clima frio, devido a dificuldade de trocar e perder calor com o meio ambiente devido ao seu focinho e boca achatada.

Quantos anos vive um pug?

A raça tem uma vida média de 7 a 12 anos.

O pug late muito

O Pug late muito pouco e o latido é um pouco mais rouco que a maioria dos cachorros, devido ao seu focinho muito curto. Aliás, é uma raça que ronca quando está dormindo ou quando respira muito forte, parecendo a vovó.

Vive bem em apartamento

Sim o Pug vive muito bem em apartamentos.

O Pug se dá bem com crianças

Sim, as crianças adoram o Pug e eles adoram as crianças, gostam de estar perto, de ficar no colo, de brincar. Adoram brincar de trazer bolinhas e fazem arte para chamar a atenção. Adoram brincar de pega pega.

Qual o dono ideal para o pug

O Pug se adapta a maioria das pessoas, gosta de ficar junto, algumas pessoas chegam a levar o pug em todos os lugares, existem carrinhos de bebe feitos para cachorros e o pug adora passear nele.

Como é um filhote de pug

É a maior fofura que existe, atrapalhado, brincalhão, derrete o coração de todos da familia.

Quanto custa um filhote de Pug

Encontramos no mercado filhotes entre R$ 1500,00 a R$ 4000,00.

Canis e criadores de Pug

  • Canil ANJOS
  • Canil PEROLAS
  • Canil DOUBLE D
  • Canil HOUSE STEINBRUCK
  • Canil BR VINTAGE

Fotos e imagens do pug

pug          pug

 

Crédito fotos:

Pixabay – http://pixabay.com/pt/c%C3%A3es-pugs-bonito-juntos-natureza-82799/ 

Pixabay – http://pixabay.com/pt/c%C3%A3o-pet-pug-preto-deitado-terreno-123722/

Pixabay – http://pixabay.com/pt/pug-c%C3%A3o-preto-face-pastel-cabe%C3%A7a-357354/

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

7 Comentários

  • O meu Pug está com 4 meses, estou dando Queranon, pois cai muito pêlo, mas não está adiantando nada. A ração é a Royal Canin Indoor Júnior. Eu não sei o que faço. Me falaram que isso nunca vai acabar……. o que faço?

  • Tenho um pug(fêmea ) em apto.e sofro com o odor que ele exala ,minha casa está mal cheirosa, não sei o que fazer,pois dou banho semanalmente mas não
    adianta.
    Há algum produto especial para para resolver esse problema?

    • Tente dar apenas um banho por mês, mas dê no pet shop, escolha um de confiança. Para o pug qnto menos banho melhor. Mas deve ser muito bem seco, senão exala mal cheiro. Não deve ser secado com soprador na temperatura fria e nem com secador no muito quente, a temperatura tem que ser meio termo, para não dar problemas de pele.

Deixe um comentário