Quanto tempo um gato deve se exercitar?

Que os pets precisam ser estimulados fisicamente todos os dias já não é novidade para ninguém. Mas, no fim das contas, pouca gente sabe sobre exercícios de gato, muito menos quanto tempo um gato deve se exercitar.

Quanto tempo um gato deve se exercitar?

Exercício para gatos

Não, você não vai precisar levar o seu pet para uma academia, muito menos colocá-lo em uma esteira. Exercícios nada mais são do que brincadeiras! Por mais que pareçam preguiçosos, todos os gatos devem ser estimulados com brincadeiras diariamente.

Seja dito de passagem, quem tem um felino em casa sabe que eles adoram brincadeiras para gatos, como caçadas, por exemplo. Porém, a falta de atividades faz com que eles fiquem mais preguiçosos, pouco animados e ainda há o risco da obesidade.

Afinal, qual a melhor brincadeira para gatos? Não existe uma resposta para essa pergunta. Cada felino é único e possui seus próprios gostos e particularidades. Alguns gostam de arranhadores, outros de bolinhas, jogos interativos, brincadeiras de “caça” e por aí vai…

É preciso testar todas para conhecer os gostos do pet. Nesta nossa outra matéria, falamos sobre 12 brincadeiras divertidas para gatos. Vale conferir!

Quanto tempo um gato deve se exercitar?

Assim como não há a melhor brincadeira, também não há uma quantidade exata. O tempo varia de acordo com a idade e estilo de vida. Um gatinho recém adulto, por exemplo, tem uma necessidade maior de estímulos diários em comparação a um felino idoso.

Mas não é só a idade que determina. Alguns felinos são mais enérgicos que os outros. Por isso, precisam de mais tempo para gastar toda a energia disponível.

No geral, os gatos precisam de pelo menos duas ou três sessões de brincadeiras durante o dia. Essas sessões podem ser bem curtas e distribuídas ao longo do dia. Ou seja, não há desculpa para não brincar com o seu pet!

Meu gato precisa de mais exercícios?

Muitos pais humanos se questionam sobre a quantidade certa de exercícios diários que oferecem aos pets. Um indicativo de que o felino precisa de mais estímulos são os comportamentos inadequados. Afinal de contas, gatos bem exercitados não têm energia disponível para gastar desnecessariamente.

Se o seu gato anda aprontando pela casa, está bem preguiçoso ou acima do peso, saiba que ele precisa de uma dose maior de atividades.

Mas, antes de “matricular seu gato na academia”, vale uma consulta ao médico veterinário de confiança antes de introduzir uma rotina “pesada” de exercícios na vida do pet. Quanto mais você conhecer o seu gato e seus gostos, mais fácil será brincar com ele e deixá-lo mais feliz!

Agora que você já sabe quanto tempo um gato deve se exercitar, visite o Blog da Petlove para mais dicas de Saúde.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

1 Comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.