Quatro formas de seu gato mostrar que gosta de você

Independência é a principal característica do temperamento dos felinos, que, por serem tão autônomos, acabam não deixando claro alguns sinais de carinho e afeto pela família. Diferente dos cães, que demonstram apreço com total facilidade, eles são vistos por muita gente como seres desapegados e desleais, visão completamente precipitada. Normalmente, eles não demonstram seus sentimentos calorosos de maneira barulhenta. Em vez disso, costumam “sussurrar” suas emoções.

Mas afinal, como os gatos manifestam carinho? Beijando? Miando? Geralmente estes são os modos de afeto mais realizados por eles para as pessoas com que se sentem mais próximos. Ainda sim, existem outros sinais de afeto pouco conhecidos pelos pais. Listamos alguns deles:

 

  • Massagens nas bochechas

Uma forma amigável dos gatos cumprimentarem aqueles em quem confiam e se sentem seguros é esfregando as bochechas neles. Isso é um total sinal de afeto que também serve de convite para se socializarem. Os felinos possuem glândulas de cheiro nas bochechas que produzem feromônios. Além de realçar confiança aos humanos favoritos, elas marcam a propriedade por meio do comportamento e misturam seus aromas com aqueles a que estão ligados.

Quer iniciar uma amizade com um gatinho desconhecido? Simples! Basta estender o dedo indicador em direção ao peludo na altura do nariz, independente da distância entre os dois. Caso o bichano queira dizer “olá”, ele se aproximará de seu dedo, o tocará com o nariz e, por último, apontará a cabeça até que o dedo encoste em sua bochecha. Se confiar em você, ele esfregará sua mão com o rosto, indicando que ele está aberto à socialização.

  • Higiene

Os gatos estão acostumados, desde filhotes, a explorar tudo usando a língua como principal ferramenta, e a lambida é assimilada por eles como uma forma de expressar carinho e proteção. Sendo assim, ao lamber uma pessoa, o bichano demonstra amor, afeto ou que está aceitando a socialização.

  • Cauda

O rabo dos gatos é uma forma de medir suas emoções. Quando combinados com uma linguagem corporal, eles exprimem – de uma maneira única – uma série de sentimentos, desde medo até carinho e felicidade. A conexão é demonstrada pelo entrelaçamento de caudas nas pernas e braços de suas pessoas queridas.

Além de envolver e tocar a cauda, eles expressam felicidade e emoções calorosas quando tremem sutilmente o rabo. Simultaneamente, os felinos mantêm as caudas na vertical, com uma ligeira curva no topo. Esse comportamento é chamado de “dança da cauda feliz”.

  • Olhar felino

Os olhos são ótimos indicadores de que o bichano confia e gosta de sua companhia. Quando demonstram afeto, eles olham para você com os olhos semifechados enquanto piscam lentamente. Essas piscadas especiais são chamadas de “beijos de gato”. Ao perceber o sinal, você pode expressar amor e carinho por ele dando-lhe beijos. Isso fará com que o relacionamento entre pai e pet se fortaleça ainda mais.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

15 Comentários

  • Bom dia Gabriel eu tenho três pets dois gatos e um cachorro,um tem um ano e dois meses o outro gato eu peguei ontem ele tem um ano e seis meses,o cachorro tem onze anos. Eu gostaria de tirar duas dúvidas,a primeira é esse gato que eu peguei é um gato persa quanto tempo ele leva para se acostumar comigo e com os meus filhos e com os outros animais da casa. E a outra dúvida pq ele não deixa agente passa a mão nele ele olha para gente e rosna muito e o outro gato que eu tenho é um siamês

    • Olá, Luana!

      Os gatos persas costumam ser bem tranquilos e fáceis de serem socializados isso, porém, pode mudar de acordo com as experiências que o pet teve quando era filhote e ao longo de sua vida. Quando levamos um pet novo para casa, o ideal é fazer uma aproximação aos poucos e evitar que tenham embates, pois isso pode dificultar – e muito – o processo. Recentemente, em nosso podcast, falamos sobre gatos. Acho que vale ouvir: https://podcast.petlove.com.br/episodes

      Sobre ele estar se mostrando mais arisco, isso pode acontecer por diversos motivos, mas é fundamental que tenham bastante paciência neste momento e se dediquem a ele de modo que tentem ganhar sua confiança aos poucos. Evite abordagens bruscas e forçadas, o premie com petiscos próprios para gatos quando ele se comportar bem e use o momento da alimentação (do oferecimento de ração) para oferecer uma experiência positiva a ele de uma maneira que consiga associar isso a você e sua família. Quando temos mais de um gato em casa, é muito importante que todos se sintam bem e seguros. Ter casinhas, tocas, prateleiras e outros elementos que possam ser usados como “esconderijo” é fundamental. O uso de feromônios sintéticos, como o Feliway Friends, pode ajudar bastante.

    • Olá, Clayton

      Obrigado pelo comentário. Os gatinhos demonstram carinho e afeto diferente dos cães, por isso os pais devem estar cientes de todos esses sinais felinos.

      Continue nos acompanhando, abs.

  • Amei as considerações comportamentais, são exatamente assim que eles agem. Faltou dizer que, gostam de te acompanhar quando vc vai ao banheiro e gostam também deitar perto de vc aonde quer que vc esteja.

    • Olá, Ana

      Obrigado pelo comentário. Tenho certeza que o André tem um grande carinho por você. Nem todos os gatos demonstram carinho e afeto da mesma forma.

      Continue nos acompanhando, abs.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.