Ração para cachorros idosos

A nutrição correta dos cães é um dos principais fatores para seu bem-estar e fundamental para que ele tenha uma vida saudável e feliz, especialmente na velhice, que é uma fase muito delicada. Escolher a ração adequada para cada faixa etária dos cães é de extrema importância, uma vez que eles possuem necessidades específicas e diferenciadas ao longo da vida.

Os cães filhotes necessitam de rações para filhotes, com péletes menores e mais macios, pois ainda possuem os frágeis dentes de leite e, por serem muito ativos e estarem em fase de crescimento, necessitam de doses maiores de cálcio e energia. Já na fase adulta o pet para de crescer, mas ainda precisa dos nutrientes adequados para manter seu organismo em pleno funcionamento e sua pelagem forte e brilhante, além de já possuir dentes fortes, capazes de mastigar rações mais consistentes. As mais indicadas para essa fase são as rações Premium para cães rações Super Premium para cães.

Quando os cães iniciam o processo de envelhecimento, o que acontece em idades variadas dependendo do porte do animal, necessitam de um maior aporte de cálcio e nutrientes, para que mantenham as articulações sadias. Os animais de porte grande e gigante são os que mais sofrem com problemas articulares e ósseos, como artrite, artrose e osteoporose, e iniciam o processo de envelhecimento em idade inferior aos cães de porte pequeno e médio, por isso necessitam de ração adequada e até mesmo suplementos alimentares, ainda na fase adulta, a fim de diminuir a ocorrência dessas doenças em idades mais avançadas.

Vale lembrar que a dieta ideal consiste no fornecimento exclusivo de rações para cães. Alimentos humanos devem ser evitados em qualquer idade, pois podem causar danos ao sistema digestivo e aos dentes dos cães, causando problemas que se tornarão mais intensos quando o pet estiver idoso.

Já as rações sênior são rações elaboradas com ingredientes de qualidade e alto valor nutricional, por isso são altamente recomendáveis, principalmente para animais de idade avançada. É fundamental que se procure pela ração que melhor se enquadre ao perfil do pet, e ficar atento à idade e ao processo de envelhecimento, como o aparecimento de pelos esbranquiçados no focinho e aumento do período de sono. Nessa fase é comum que o cão reduza muito as brincadeiras e comece a evitar atividades físicas. Percebendo essas graduais mudanças de comportamento, é possível saber quando trocar a dieta de cães adultos para uma dieta para cães sêniores.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

1 Comentário

  • Olá!Na verdade não é nem um comentário,mas umas dúvidas.Tenho dois cãezinhos de raça poodle,mas “misturados”(pai vira-lata).Gostaria muito de saber quando é a fase adulta e dizer que não sei mais o que fazer em relação a comida…é que infelizmente,dava comida para eles e agora se acostumaram e não querem mais a ração…então,faço somente a mistura e misturo com a ração.Queria saber se mesmo sem adicionar sal e condimentos à mistura,ainda faz mal a eles.Agradeço desde já a atenção.
    Rosemary.

Deixe um comentário