Saiba identificar uma situação de emergência em seu coelho

Conhecer muito bem o peludinho é tão importante quanto oferecer uma ótima alimentação, higiene e ambiente a ele. Além de estreitar a relação, se inteirar mais sobre a vivência do pet dará a oportunidade de prevenir qualquer situação de emergência.

Quem tem um coelho dentro de casa sabe o quanto eles são silenciosos e fazem de tudo para esconder qualquer tipo de sofrimento – isso acontece por serem considerados presas quando estão soltos na natureza. E quando um coelho chega a apresentar algum indício de problema de saúde, é preciso se preocupar, pois provavelmente a doença já está em uma etapa avançada.

Sim, além de não se comunicar com o tutor, o coelho fará de tudo para que não perceba que ele está tendo algum tipo de complicação. Por isso, é de suma importância entender sobre a conduta do pet.

Saiba identificar uma situação de emergência em seu coelho

Fratura na coluna

Por mais que seja bem grave, é normal que coelhos vivam “tranquilamente” com uma fratura na coluna. Esses animais são extremamente frágeis e precisam de uma atenção especial nesta questão, tanto que existem casos que o pet fratura a coluna apenas pelo modo de como os pais o pegam pelas mãos.

Alguns casos bem comuns de lesões na coluna estão relacionadas a alguma queda ou tombo que o pet levou ao pular do sofá ou de outro móvel, por exemplo. É preciso estar com o pisca alerta ligado sobre essas questões. Caso presencie algum tipo de queda, o tutor deve redobrar a atenção no pet e, caso note algo de diferente, mesmo que seja mínimo, o indicado é levá-lo para um check up em um médico veterinário de confiança.

Temperatura

Você sabia que coelhos são animais extremamente sensíveis ao calor? Esses orelhudos jamais devem ser expostos a altas temperaturas, pois podem sofrer uma hipertermia. Portanto, os tutores devem estar sempre atentos especialmente no local onde a gaiola se encontra, que deve ser limpo, arejado e longe de raios solares.

Caso o tutor note que o pet esteja com alguma dificuldade para respirar ou simplesmente respirando com a boca aberta, deve levá-lo para uma consulta com um especialista, pois estes são sinais de hipertermia. Fraqueza e incoordenação também são indícios da complicação.

Saiba identificar uma situação de emergência em seu coelho

Obstrução gastrointestinal

Outra situação de emergência bastante comum em coelhos é a obstrução gastrointestinal. Isso acontece quando eles ingerem uma grande quantidade de pelos ou materiais inapropriados, ou seja, que não fazem parte da sua dieta. Normalmente, esses materiais indigestos são excretados através das fezes, todavia, pets que não possuem uma alimentação balanceada podem não eliminá-los, causando uma obstrução intestinal. Estes tais materiais citados podem ser serragem, areia, fios ou metais.

Anorexia, diminuição ou ausência das fezes, dor abdominal, apatia, desconforto, excesso de saliva e perda de apetite são alguns dos sinais de obstrução gastrointestinal.

Vale lembrar que, além de conhecer muito bem o pet, o tutor deve levá-lo regularmente ao médico veterinário, para garantir uma vida saudável, prevenindo qualquer tipo de patologia ao peludo.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.