Cachorro com pulgas

Só de pensar em um bichinho andando pelo nosso corpo e nos mordendo a todo momento já dá até uma coceira, não é mesmo? Se nós humanos sofrêssemos com parasitas, basicamente iríamos até uma farmácia, compraríamos um remédio e em pouquíssimo tempo resolveríamos o problema. Mas e o cachorro com pulgas?

A gente já sabe que, infelizmente, os cães não são capazes de irem até seus humanos e reclamarem de alguma dor ou incômodo. Por isso, cabe a todos os pais entenderem ao menos sobre os problemas de saúde mais comuns em cachorros, como é o caso da infestação de pulgas.

cachorro-pulgas-petlove

Como cachorro pega pulga?

Não tem jeito, todos os cachorros, sem exceção, estão sujeitos a sofrer com pulgas em algum momento da vida. A boa notícia é que existem várias maneiras de prevenir que esses visitantes indigestos apareçam nos pets. Mas antes é fundamental entender todo o processo para que o tratamento seja feito da forma correta.

Existem duas maneiras de um cachorro pegar pulgas: do ambiente onde ele frequentou ou vive ou de outro pet. Para se ter uma ideia da dimensão do risco, basta um cão que está cheio de pulgas caminhar próximo ao seu portão para que o seu pet possa ser infestado. Isso quer dizer que até os cachorros que não saem de casa podem pegar pulgas.

Além do mais, existe a possibilidade do próprio humano carregar os parasitas para dentro de casa. Isso mesmo, você pode ser o “transmissor” de pulgas, já que elas podem pegar uma carona em seus sapatos ou roupas.

Cachorro com pulgas: Como saber se meu pet está infestado?

Como todos já sabem, a forma mais óbvia de saber que um cachorro está com pulgas é pela coceira excessiva. Mas também há a possibilidade de encontrar ovos e fezes de pulgas na pelagem do pet. Os ovos mais se parecem com caspa ou grãos de sal, e a melhor maneira de retirá-los é usando uma escova específica, como a Furminator, por exemplo.

Caso não encontre nenhum ovinho de pulga no cachorro, é válido dar aquela checada nos locais onde ele dorme, principalmente na caminha dele, de preferência usando uma lupa. Também é importante ver se há ovos no ambiente, uma vez que eles podem cair do corpo do cachorro facilmente.

Vale destacar que é importantíssimo caçar esses ovos de pulgas, pois eles eclodem liberando larvas no ambiente. Não se sabe ao certo quantas pulgas nascem de um ovo, mas o que preocupa é a quantidade de ovos que uma pulga pode colocar, já que apenas um desses parasitas pode botar 50 ovos em um único dia e até dois mil em toda sua vida.

Outra maneira de saber se o seu cachorro está com pulgas é pela presença de “cocô de pulgas”, que são grãos bem pequenos na cor preta ou marrom, mais fáceis de identificar em comparação aos ovos.

Agora, se você simplesmente encontrou uma pulga adulta passeando pelo corpo do seu pet, sinto-lhe dizer, mas a sua casa e o seu cachorro já estão infestados há um bom tempo.

Cachorro com pulgas: Como acabar com esses parasitas?

Se você está lendo essa matéria, provavelmente seu cachorro está infestado de pulgas e você deve estar procurando uma alternativa para acabar com o sofrimento dele. 

O tratamento mais eficaz para acabar de vez com as pulgas é dividido em duas partes: primeiro é preciso pensar nas pulgas adultas que estão “acampadas” no cachorro. Existem vários produtos antipulgas extremamente efetivos tanto para prevenção quanto para tratar uma infestação ativa.

Antipulgas orais, como o MSD Bravecto, Nexgard, Simparic ou o Comfortis, por exemplo, disponíveis no petshop online da Petlove, são eficientes para acabar rapidamente com as pulgas no pet. Para se ter uma ideia, o comprimido Simparic faz efeito em apenas três horas e protege o cão por até 35 dias.

Além dos orais, as coleiras antipulgas, como a Coleira Seresto, também são bastante efetivas e seguras, protegendo o pet de pulgas por até oito meses.

Posteriormente, é fundamental acabar com os ovos das pulgas que estão no ambiente, afinal, não valerá de nada usar apenas um antipulgas oral, sendo que a casa ainda está infestada.

Então, para encerrar o ciclo e acabar de vez com todos os parasitas, você pode comprar um produto específico para o ambiente. O Fleegard ou o  Labgard Aerosol são boas alternativas, pois são extremamente seguros e não possuem cheiro.

Lembre-se: todos os cachorros estão sujeitos a contrair pulgas durante toda a vida. Portanto, o ideal é realizar todos os métodos de prevenção de forma contínua. Caso perceba algum sinal de pulgas no seu cachorro, leve-o para uma consulta com um médico veterinário de confiança.
Veja também:
10 antipulgas para cães

Quatro sinais de que seu cachorro tem pulga

Como saber se minha casa tem pulgas?

Quatro jeitos do seu cachorro pegar pulgas

Três mitos sobre pulgas e carrapatos

Três formas de evitar pulgas e carrapatos em cães

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.