Check-up em animais de estimação

Check-up em animais de estimação - Petlove - O Maior Petshop Online do Brasil

Check-up em Animais de Estimação.

Cuidar da saúde do animal é dever de todo dono de pet. Não adianta apenas dar alimentação, carinho, água e brincadeiras, é necessário levá-lo periodicamente para um check-up. Assim como os humanos, cães, gatos e outros animais, precisam ser examinados. Assim, se houver alguma anormalidade na saúde do amiguinho de quatro patas, o médico veterinário irá diagnosticar e indicar o tratamento ideal logo no início da doença, para que a cura seja ainda mais rápida e o animal não sofra.

As visitas regulares ao veterinário devem ser feitas a cada seis meses, anuais ou de acordo com a indicação veterinária. Filhotes têm que ir, pelo menos, duas vezes ao ano, para colocar a carteirinha de vacinação em dia e assim ficarem protegidos. Animais idosos têm um organismo mais frágil e precisam ir pelo menos duas vezes por ano ao consultório. Cães adultos e aparentemente saudáveis podem ser levados uma vez ao ano e, se tiverem alguma doença que precise de acompanhamento, o retorno será marcado pelo veterinário.

Nas consultas, o animal será submetido a um exame minucioso, sendo analisadas a pele, as patinhas, a orelha, o ouvido e até os órgãos internos. Pode ser que o médico veterinário peça um exame de sangue e, se algo anormal for notado, solicite mais exames para fazer o diagnóstico e decidir quais medidas devem ser tomadas.

No check-up em animais de estimação, vários problemas são prevenidos. O profissional irá orientar, por exemplo, sobre o controle de pulgas e carrapatos, parasitas externos que causam tanta coceira e transmitem diversas doenças aos animais. Irá também acompanhar o peso e o crescimento, assim poderá indicar a ração mais adequada e se é necessário ou não a suplementação de vitaminas e minerais. Vermes internos podem deixar o animal doente e, na consulta de rotina, o proprietário será orientado a usar o vermífugo correto, na dose certa, para deixar o animal sem vermes e saudável. A vacinação será colocada em dia, haverá orientação do exercício físico correto para o pet e a dentição será analisada para ver se precisa de algum tratamento dentário ou algum novo cuidado. Se for constatada alguma enfermidade, ele indicará os medicamentos para cães ou medicamentos para gatos para o animal. Não devemos nos esquecer que qualquer tratamento, se iniciado logo no início da manifestação da enfermidade, possui chances maiores de sucesso.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

2 Comentários

  • Parabéns pelas imformações tão úteis. Amo animais e tenho um casal de Labradores, atualmente ainda tenho mais dois filhotinhos. Athylla está com 6 anos e apareceu umas erupções em sua pele, está cheio de umas crequinhas, vou levá-lo ao veterinário para tratá-lo. Ele é muito amado e especial, faz parte de nossa família. È meu companheiro inseparável. Está cheio de pelos branquinhos em torno dos olhos,, ele já é considerado velhimho? só com 6 anos? Geralmente qual o tempo de vida dele? Obrigada .

  • Eu estou de acordo em vir proteger quaisquer animais que estejam sob os cuidados dos donos, mas eu tenho 11 filhotes de gatos que apanhei abandonados na rua e cuido com uma das melhores ração a Max cat junior , como Whiskas , areiai, brinquedos, etc. Está ficando caro para mim e como tal fica difícil em levá-los a um veterinário por se tornar muito caro a consulta pelo número de felinos, além de poder castrá-los. Preciso de uma orientação de como deverei fazer para mantê-los ainda sadios , porque onde moro ninguém quer gatos e não poderei ficar por muito tempo com os mesmos devido as dificuldades quando estiverem adultos, obrigado.

Deixe um comentário