Gatos com PIF: o que é e como identificar essa doença

Causada pelo coronavírus felino, a Peritonite Infecciosa Felina (conhecida como PIF) é o pesadelo de todos os gateiros. Com relação a doenças, gatos com PIF com certeza é uma das maiores preocupações por ser a principal causa infecciosa de mortes de gatos. Se trata de um processo inflamatório que acontece quando o gato reage inadequadamente ao vírus.

A doença pode acometer gatos de todas as idades, mas é mais comum em gatos com menos de dois anos, idosos e nos que têm o sistema imunológico debilitado.

Alguns gatos, no entanto, podem contrair o vírus, montar uma resposta imunitária, eliminá-lo e continuar vivendo como se nada tivesse acontecido. Outros, no entanto, podem ter o vírus no corpo por muito tempo antes de apresentar sintomas.

PERITONITE INFECCIOSA FELINA (PIF)

Transmissão

A transmissão ocorre geralmente pelo coronavírus presente nas fezes de gatos contaminados ou por um local contaminado (como brinquedos ou caixas de areia) e por isso é preciso estar mais atento ainda caso existam outros gatos na casa.

O vírus é sensível a desinfetantes comuns, então uma boa faxina deve ser realizada caso você se mude para um novo endereço porque o local pode estar contaminado. No entanto, o coronavírus pode permanecer intacto por semanas em um ambiente úmido.

Outra forma de transmissão é a da mãe para os seus filhotes gatinhos durante a gestação ou através do contato direto e contínuo de secreções orais, como amamentação e banho.

Sintomas

Existem duas formas de PIF, a efusiva (úmida) e a não efusiva (seca), que são determinadas pela resposta imunológica de cada gato e algumas vezes o felino pode desenvolver as duas formas. De maneira geral, eles apresentam febre, perda de peso e diarreia. São sinais da PIF também a insuficiência hepática e renal, desorientação, paralisia, vômitos e infecções oculares.

PIF efusiva (úmida): nesse caso, ocorre um processo inflamatório nos vasos sanguíneos e, com essa danificação, ocorre um acúmulo de líquido na região do abdômen e do tórax. Os gatos com essa forma da doença apresentam febre e não respondem ao tratamento com antibióticos.

PIF não efusiva (seca): caracterizada pela formação de granulomas e necrose em órgãos abdominais e torácicos, do sistema nervoso e dos olhos. Os sintomas iniciais são mais vagos, como falta de apetite e perda de pelos. Grande parte dos gatos com PIF seca se tornam ictéricos e ficam com a pálpebras e nariz amarelados. Em alguns casos, pode-se observar marcas nos olhos.

Diagnóstico e tratamento de gatos com PIF

Históricos e sinais clínicos são a base do diagnóstico do médico veterinário, auxiliado por exames de laboratório como exames de sangue, ultrassom e testes sorológicos. No entanto, o diagnóstico definitivo só pode ser dado por meio de biópsia ou necropsia.

A PIF ainda não tem cura, infelizmente. No entanto, existem tratamentos paliativos que podem ajudar a prolongar a vida dos gatos com PIF e deixá-lo o mais confortável possível. A progressão da doença pode ser reduzida com antibióticos, antinflamatórios e quimioterápicos.

Também podem ser realizadas punções para retirar o acúmulo de líquido no tórax e no abdômen.

 

Sobre o autor

Larissa Moreira

Larissa Moreira

Larissa tem quatro miaus: Câmara, Ação, Gravando e Clica Fora, está no quarto ano de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, é apaixonada pela língua alemã, livros de fantasia, chá de camomila e pelos seus quatro bebês (que já nem são mais bebês).

63 Comentários

  • Minha gatinha Titi veio a óbito ontem, devido a PIF, nunca tinha escutado falar da doença, mas acredito que o vírus tenha se manifestado após ela ter tido anemia e infecção uterina pós parto! O diagnóstico só foi conclusivo ontem depois de uma ultrassom para avaliar a situação dos órgãos vitais dela! Ela começou dormindo horas excessivas e perdendo peso e pelôs! Foi iniciado tratamento para a infecção uterina há 15 dias, mas a saúde só se agravava e ela não apresentava melhora alguma… Então vieram outras suspeitas de que o quadro dela era mais grave do que parecia. Foi feita uma punção do líquido que se acumulou na região abdominal dois dias antes dela falecer, mas a situação já era bem crítica, mal levantava do lugar! Ontem já com ela sem conseguir respirar praticamente, devido o líquido nos pulmões, sem fluxo sanguíneo, falência no fígado e rins, optei pela eutanázia, para que ela não sofresse mais do quê essa última semana! Ela tinha apenas 1 ano e dois meses de vida! Agora a preocupação é com os filhotes que estão com pouco mais de 3 meses e a outra gatinha que foi adotada na mesma época que ela! Não tem consolo ao ver um bichinho sofrer desse jeito, meu coração está em pedaços!

  • “A PIF ainda não tem cura, infelizmente. No entanto, existem tratamentos paliativos que podem ajudar a prolongar a vida dos gatos com PIF e deixá-lo o mais confortável possível.”

    Mas e a questão do contagio? Após diagnosticado, o que fazer caso tenha outros gatos no mesmo ambiente?

    • Olá, Camila! Uma vez que um dos gatos tenha sido diagnosticado com PIF, o ideal é testar os demais para saber se são portadores da doença também. Caso alguns sejam negativos, é preciso conversar com seu médico veterinário para que ele possa te orientar a respeito das melhores práticas de manejo para evitar que eles também peguem a doença. Vale lembrar que é preciso pensar em algo viável, levando em conta o estilo de vida dos seus pets, o tamanho da residência de vocês, a possibilidade de isolamento etc. Um abraço!

    • Olá! O ideal é usar produtos à base de amônia quaternária, sempre seguindo a diluição informada pelo fabricante do produto. Um abraço!

  • Boa tarde…na ultima quinta-feira, perdemos um gatinho por PIF, foi muito rápido e agra estamos com mais 2 com os mesmos sintomas, o veterinário já disse que não tem jeito, apenas está medicando para tirar a dor….será muito triste perder esses dois também…não estamos nem recuperadas da perda do primeiro…ainda dói muito só de pensar que ele se foi,,,agora mais dois….tá dificil de pensar…nossa preocupação também e com os demais…..

  • Há cerca de três anos meu gato foi internado muito debilitado, foi feita uma cirurgia e aproveitou pra retirar material pra exame. Foi diagnosticado com PIF. O trouxe pra casa pra deixa-lo confortável, veio com sonda pra alimentação. Fui cuidando, alimentando e dando corticoide, o prognóstico era péssimo, mas ele resolveu não aceitar isso é foi se fortalecendo, um belo dia arrancou a sonda e já estava comendo por si. Hoje está lindo, gordo e é um pestinha. Não sei explicar. …

  • RESGATEI HOJE UM GATINHO QUE NÃO FICA NA POSIÇÃO NORMAL SE CONTRAI TODO O TEMPO EM FORMA DE BOLA E CHORA MUITO SEM PARAR……SE CONTORCE TODO O TEMPO PIF PODE SER????

  • meu gatinho teve isso, morreu antes de ontem, foi muito sofrido. Ele parrou de crescer (era filhote) coia pouco, teve infecções foram tratadas, mas de repente ficou com os movimentos comprometidos, respirando mal, a veterinária tentou tudo mas ele esta morrendo e sofrendo. Optei por interromper o sofrimento dele. estou muito triste e preocupada com os outros três.

  • Acredito que seja uma doença muito séria e que a presença da mesma na vida de um gatinho seja um verdadeiro tormento.

    Porque não existe mais divulgação a respeito?
    Nunca ouvi falar, nunca vi um post se quer em uma pet, meu Deus isso é horrível!!

    Sugiro que os donos de gatos prinpalmente os que adotam os animais adultos sejam informados.

    Estou aguardando um resultado de exames PIF, com muita ansiedade e tristeza.

    Obrigada!!

    • Olá silvana
      estou também assim com um gatinho bebe resgatado internado com suspeita de pif.
      Por favor vou deixar um email, me escreva gostaria de saber quais exames estão fazendo no seu gatinho para esclarecer se é pif ou não.Este gatinho que está internado todos os exames dele estão normais, não tem anemia, comendo normal, evacuando e urinando normal, fiv e felv negativos, ultrassom normal, exame de sangue para ver o funcionamento do pancreas, dos rins e figados normais, mas está com uma infecção grande, medicos já tentaram varios antibioticos e a infecção não diminui. Estou muito preocupada com ele, até onde sei para se ter certeza se é pif ou não tem que fazer biópsia, ou se ele falecer fazer a necropsia para confirmar. Vacina para isso só tem nos países da Europa e Estados Unidos, foi o que li num site. existe um exame sorologico mas também pelo que li não é 100por cento seguro. Veterinario me disse que prefere eutanasia se esse exame der um score compativel com a pif para evitar muito sofrimento futuro para o gatinho. Essa doença é muito dificil de diagnosticar com certeza.Por favor me escreva, obrigada
      Meu email
      krystalnd709@gmail.com

      • Estou com uma gatinha adotada nas mesmas condicoes… ficou internada fez exames e todos normais, Mas com uma grande infecção e tórax e abdomem cheio de liqhidos… tomou antibioticos por dez dias e nao fez efeito. So descobrimos quando ela foi castrar e entao o veterinario retirou o líquido e fechou novamente. Trouxe pra casa e estou deixando ela confortável com remédio para dor, Se entrar em sofrimento eu vou eutanasiar…muito triste essa doença

  • Adotei Minha Gata em fevereiro de 2018, ela estava coberta de sarna, machucada e tinha apenas 1 mês ou menos de vida, foi jogada no quintal a minha sogra. Apos levarem ao Veterinário e realizarem diversos exames, eis que um dos resultados foi Soro Positivo para PIF, foi realizado 3 vezes o exame para comprovar que ela tinha mesmo. Quase 2 meses de tratamento devido a Sarna pelo corpinho todo dentro do ouvido, eu e meu esposo a Adotamos. Hoje faz 8 Meses que ela esta conosco, outra Gata, uma Diva….rsrsrsrs
    a doença nunca se manifestou GRAÇAS A DEUS.
    Nos A Amamos MUITO. Hoje ela esta ainda Mais Linda, saudável, só come a ração Natural (Guabi), não sai para a rua.

    • Olá também dou essa ração para meus gatos castrados, agora a formula dela foi modificada, por favor me diga que exame de soro é esse que vc. fez e que deu positivo para Pif, onde vc. fez esse exame?
      Obrigada

      • Olá! Por meio do teste de PCR é possível saber se o animal é ou não positivo para o coronavírus, responsável pela PIF. Um abraço!

      • Perdi um com 2 anos com Pif, adotei outro e agora com 2 anos, está com os mesmos sintomas, como você conseguiu que ele se curou, estou desesperada, não come nada, está triste não sei o que fazer, que exame terá que ser feito para saber, ele não esta comendo nada

      • Olá, Roseli! A PIF é uma doença que não tem cura, porém é possível minimizar o sofrimento e os sintomas dependendo do estágio. Procure um médico veterinário da sua região para que possa fazer o diagnóstico correto e orientá-la a respeito de como proceder. Um abraço!

  • Nossa, como doi ler esses depoimentos aqui. Animaizinhos não deveriam sofrer!! Minha Belinha tem 8 anos e faz um mês que está doente. o primeiro vet afirmou que é um linfoma, e hj uma outra vet disse que pode ser pif, que é pior ainda…Está indo todo dia na clínica para tomar injeção para fortalecer um pouco, e o coração da gente fica sofrendo junto…

  • hoje meu Amorzinho..se.foi ,depois de uma semana correndo com ele…parou de comer ficava so queto..o dr medicou voltei o casa..ficou pior..fui em outro…ficou internado 2 dias…mas nao reagiu aos medicamentos..até agora nao sei se era pif ou lipidoze hepática…meu coração esta em pedaços..que dor eu tmb desde de q ele ficou doente eu nao durmo direito e como…mas agora acho que ele está bem..nao sofre mais…nao quero passar por isso nunca mais..qualquer sinal de perca de apetite ja correm levem logo..eu demorei 2 dia para levalo..ai ja era tarde..cuidem bem dessas criaturas maravilhosas..gatos….amo de paixão..a 3 dias que choro….hoje…ja estou com saudades….???❤❤❤❤❤❤

    • CADA PALAVRA É UMA LÁGRIMA DE SAUDADE DE NÃO TELO MAIS? to anestesiado só de liquido vou vivendo até agora, Descobri tarde de + que meu anjinho Todinho estava sofrendo de alguma doença por estar fraco de mais, pouparam de tirar muito sangue e só fizessem ultrassom e isame de anemia que deu muito alta o problema maior era as infecções que tinha que ser tratada + o Rim dele estava parando queria saber pelo isame se ele tinha essa doença de FIV OU FELV que agravou tudo doença maldita? mais não deu tempo ele não aguento os rins pararam de funcionar, e ele se foi por falencia renal dis a doutora foi a causa fiquei sem saber já que não foi feito iria ser feito depois os exames de FIV E FELV queria muito saber pois ficou a duvida cruel ??? estava muito bem depois ficou mal, muito rápido que ele não apresentava nada, pois estava se alimentado ai de um dia pro outro ele pioro e paro de comer ! ai notei que ele não estava bem, e precisava urgente de ajuda, quando adotei ele ele sempre foi magrinho desde bebezinho ai achava norma a magreza dele em casa falavam muito que poderia ser verme sem saber que ele tinha uma enfermidade, ? por ser leigo e se tratar de ser minha primeira experiência em ter gatos, não tinha ideia 🙁 ele sumiu de casa e ficou + de 3 meses fora pode ter contraido alguma doença ai um dia ele volto magrinho e com aquele jeito inocente miado descendo correndo do telhado ai quando vi não acreditei e em tres dias se recupero feliz dia pra min meu animalzinho estava bem meu amor ??? em ver meu companheiro e amigo só alegria ai, fiquei sabendo agora pelos veterinários que o gato esconde muito e volto por que já não estava muito bem de saúde e as vezes não se sentindo confiante mas na rua não sabia disso (QUE SIRVA DE ALERTA PRA QUEM TEM, QUANDO O SEU GATO SOME E VOLTA DEPOIS DE MUITOS DIAS MAGRO EM LEVAR NO VETERINÁRIO MESMO ACHANDO QUE ESTA TUDO BEM PODE NÃO ESTAR ) não é como o cão que demonstra quando esta mal ele ficou mal na quinta a noite por volta das 21:00 notei depois que cheguei do trabalho a noite, que ele não estava bem minha mãe avia falado e levei no veterinário na Sexta de manha logo que abriu a clínica, fiquei sabendo que era grave mais achei que ele ia se recuperar mais infelizmente era sim muito grave e no sábado de madrugada ele partiu e com isso to arrasado de + choro todo momento e meu coração esta despedaçado??? Eternas saudades meu Todinho esteja aonde estiver saiba que te amo de + + + + + meu marronzinho ?

  • Pegamos a Luna dia 30/05 em uma feira de adoção e adoramos ela. Semana passada levamos ela ao veterinário, pois estava com a barriga inchada e meio amarelada. Infelizmente, estão suspeitando que ela tenha PIF, uma doença muito injusta que o gatos tem em média apenas alguns meses de vida, mas é interessante as pessoas conhecerem para previnir! Quem quiser acompanhar o dia-à-dia da Luna: https://www.instagram.com/diario_da_pif

  • Um gatinho daqui de 8 meses, sempre foi bem magrinho e recentemente ele ficou com falta de apetite e diarreia, demos anti-inflamatório mas não resolveu, mesmo dando comida na boca com auxilio de uma seringa, ele foi ficando cada vez mais fraco, as vezes miava de dor, até que chegou a hora que ele parou de se mover e só respirava, e as extremidades de seu corpo começaram a esfriar, parou de reagir a estímulos e horas depois morreu, ao analisar o seu corpo vi que mesmo magrinho seu abdômen estava um pouco inchado e ao passar a mão sentia uma textura estranha com líquido dentro, ficamos bem triste com a partida dele.

  • Olá eu tinha 4 gatos,resolvi resgatar mais uma que vivia apanhando e estava muito doente,fiz exames e ela estava meio anemica,bem magrinha virou meu xodó. Até que em em algumas semanas ganhou peso,vacinei e Castrei.Depois ela foi decaindo ficou muito doente.Fez vários exames e nada até que constou que ela tinha algo no intestino.Foi feito uma cirurgia,na surpresa nada.Depois de 1 semana ela faleceu.Logo após ela regastei outra muito doente fiz o mesmo procedimento exames etc…nao ficou comigo 2 meses,faleceu.Nos exames dela eu pude descobrir que ela estava com PIF meu mundo desabou…Tenho mais 4 e agora um deles está muito doente.Nao quero mais passar por tudo de novo.Estou sem chão meus bichos são minha vida.

  • Meu filhote acaba de ser diagnosticado com PIF e FELV. Está há 20 dias internado. Iniciou a segunda parte da quimioterapia, mas não obteve muitos resultados. Segue apático e sem caminhar. A ideia é levá-lo pra casa, mas a vet disse que nunca mais será o mesmo gato. Dói muito saber disso. :'(

  • Boa noite! Meu gato já tem quase 16 anos. Algum tempo eu percebi que ele esta com pouca visão Ele bebe muita água e faz bastante xixi. Che ga até demorar muito na caixinha. O que pode ser? Obg.

    • Pode ser diabete! Mas cuidado com os exames para fechar o diagnóstico!! Certa vez um vet disse q meu gato era diabético por causa da glicemia alta… só q ele sempre ficava muito nervoso qdo saia de casa e isso alterava a glicemia dele. O exame correto é a frutosamina! Ela mede a glicemia do animal das últimas 14 ou 16 horas…. com ele descobri q meu gato era hipoglicêmico!!! Se tivesse ouvido o primeiro vet, teria matado meu gato sem sintomas… havia sido só um check up. Fica a dica!

    • Poderá ser um sintoma de hipertiroidismo. Digo isto porque tive um gatinho com essa idade e com esses sintomas . Foi-lhe diagnosticado hioertiroidismo, com base nos resultados de análises clinicas.

    • Pode ser insuficiencia renal que é comum em gatos.Melhor levar ao veterinario.Aconteceu isso com minha cachorrinha, faleceu com 18 anos, bebia litros de agua por dia, essa doença dá em gatos e em cachorros.

  • Perdi minha gatinha hj com PIF tive que cometer eutanásia infelizmente.
    Tenho mais duas meninas gostaria de saber se elas correm o risco de se contaminarem, pois a veterinária disse que não tem perigo, estou apreensiva demais pelo que li ; por favor me orientem.
    Meu e mail
    Katucha_miau@hotmail.com
    Muito obrigada.

    • Não tem perigo?????? Pelo amor de Deus, eu não sou veterinaria, mas estou com um internado com suspeita de pif. Veterinario já avisou essa doença é transmitida pelas fezes do animal contaminado, se outro animal usar a mesma caixinha de areia vai pegar.Ele não pode conviver com outros gatos, tem que ter uma casa só pra ele. Tudo separado. Ave, que veterinaria é essa? Leia artigos na net sobre a pif, procura no google.

  • Em duas semanas meu gato apresenta perda de peso falta de apetite uma secreção saindo dos olhos …ele tem olhos azuis hoje apareceu com os olhos verdes como posso ajudá-lo

  • Minha bebe foi diagnosticada com PIF, ela tem 4 meses. .. esta há uma semana tomando os medicamentos , esta respondendo bem o tratamento. Estou com meu coração partido pq ela estava saudavel, carinhosa, brincalhona … tomou as vacinas e se preparando para ser castrada, de repente começou a ficar apatica, parou de brincar com os irmaos… tenho mais dois gatos que conviviam com ela, viviam brincando e agarradinhos, dividiam a mesma caixa de areia, comida… sera que eles foram contaminados??? Não quero que minha bebe sofra. Simplesmente arrasada.

    • Boa Noite Rosangela, converse com seu veterinário para passar uma remédio que aumente a imunidade dos gatos.
      Tive um gato filhote que apresentou sintomas de PIF que avançaram muito rápido e ele virou uma estrelinha, 14 dias depois a mãe dele começou a apresentar também o sintomas da doença.
      O veterinário disse para mim que certamente todos os tres contrairam o virus o que não significa que todos desenvolvem a doença, depende muito do sistema imunológico do gato.

    • Meu gatinho de 3 meses tb esta com PIF, e tem uma irmâ da mesma idade! tb estou muito preocupada! ele esta tomando antibiotico e voltou a brincar e esta bem! estou com medo quando terminar o antibiotico!

  • Olá! Tenho dois bebês uma de 6 meses e outro de 4 meses, foram diagnosticados com essa doença, score 4. O vet disse que posso cuidar deles com vitaminas etc pq não se manifestou mas mesmo assim fiquei muito triste por saber que eles estão com essa terrível doença!!

    • Esse exame não é “conclusivo”…. não inclui nem exclui a doença…. se eles nem manifestaram os sintomas da doença, cuide do sistema imunológico deles e nunca manifestarão a doença! Leucogen é uma boa opção! Consulte seu veterinário a respeito!

  • Obrigado pelo comprimento pra com os felinos e esclarecimento.
    Acabei de perder meu BB peludo com esse viris,tds esses esclarecimentos em forma de explicações me foi prestada pelo profissional q atendeu e deu assistência a minha filha,só n me convenci ainda de como e onde minha princesinha,MEL,foi infectada,uma x q ela n tinha contato com outros felinos,a n ser nas raras idas ao pet chopp e ao veterinário no máximo uma x por ano.
    Era um BB saudável durante tda vida,sem gripes,sem perca de pelos,é totalmente ativa aos 16a,levei ao vet, por uma perca de apetite e tártaros, foi informada q a perca de apetite seria por causa dos tártaros e gengivite,um mês depois quando td parecia normal teve 3 convulsões e n comeu Mem fazia cocô,só bebia muita água, 5dias levei para medicação tds os dias,sem melhoras foi internada,6dias depois a morte!ainda tô chocada!onde ela contraiu essa doença?

      • Também acho que era insuficiencia renal por causa da idade, coisa muito comum nos gatos. Quando cachorro e gato começa a beber muita água, normalmente é insuficiencia renal, perdi minha cachorrinha assim com 18 anos, essa doença insuficiencia renal não tem cura, tem tratamento sofrido, que é soro varias vezes por semana, mas não tem solução.Tem animal que até faz hemodialise em hospital veterinario especializado.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.