Chocolate faz mal para cachorros e gatos?

Eu adoro chocolate e não consigo ficar sem. Só que sempre que estou comendo o meu cachorro fica me olhando com aquela carinha de “também quero” e, aqui entre nós, ninguém aguenta essa carinha… mas me controlo e não dou porque sei que chocolate é tóxico para cachorros.
O chocolate é venenoso para os cachorros e também para os gatos e pode ser até fatal mesmo em quantidades pequenas. O componente que torna essa guloseima perigosa é a teobromina e apenas 25g de chocolate pode envenenar um cão de 20kg. A teobromina é facilmente metabolizada pelo organismo humano, mas os cães e os gatos não conseguem eliminar a toxina rápido o suficiente e acabam intoxicados.
Chocolate

Permitir que seu pet coma mesmo uma pequena quantidade de chocolate pode causar vômitos, tremores musculares, ataques cardíacos e hemorragias internas. Dependendo do porte do animal, da quantidade de chocolate que ele ingerir e da sua sensibilidade ao alimento, ele pode até mesmo entrar em coma e morrer.

É importante ficar esperto e tomar cuidado na hora de guardar o chocolate para que seu cachorro ou gato não coma. Ainda mais agora que é época de Páscoa, evite deixar os ovos e chocolates em qualquer lugar. Imagina se o seu cachorro arteiro ou seu gato engenhoso dá um jeito de pegar e se esbalda? 🙁

 

 

O teor de teobromina varia de acordo com o tipo de chocolate.

  • Chocolate branco: por conter pouquíssimo cacau, apresenta teores vestigiais de teobromina, sendo o menos tóxico dos chocolates. Mesmo assim não deve ser oferecido, uma vez que é rico em açúcar e gorduras.
  • Chocolate ao leite: 100 gramas apresentam 154 miligramas de teobromina
  • Chocolate meio amargo: 100 gramas contêm 528 miligramas de teobromina.

Se você quiser agradar o seu cachorro ou gato, dê para ele petiscos como ossinhos, biscoitinhos, bifinhos e mesmo os chocolates próprios para cachorros e gatos. Se seu pet estiver de dieta, você pode apostar em petisquinhos mais naturais como cenoura. Você vai continuar mimando o bichinho sem correr o risco de intoxicá-lo! Você gostou do post? Comente e compartilhe com seus amigos!

Sobre o autor

Gleyce Oliveira

Gerente de marketing da Pet Love durante a semana, voluntária da Catland nas horas vagas e mãe dos felinos ex-de-rua Mia, Mini e Provolone em tempo integral, Gleyce tem um plano secreto de se tornar a "louca dos gatos". E dominar o mundo se der tempo.
Também ama os caninos, representados em sua vida pela Dalila, Lhasa Apso, e Gaia, RotFila, que vivem a vida mansa do interior na casa dos seus pais.

5 Comentários

Deixe um comentário