Como fazer um cachorro parar de latir de maneira excessiva

Depois de entender um pouco mais sobre os motivos que fazem um cachorro latir incessantemente (Você pode conferir nessa outra matéria), chegou o momento de saber o que podemos fazer para tentar conter esse comportamento inoportuno tanto para a família quanto para os vizinhos, que sofrem com esses “falastrões”.

Como fazer um cachorro parar de latir de maneira excessiva

Gritos x latidos

Primeiramente, se você acha que o seu cão vai parar de latir à base de gritos, broncas e castigos, pode “tirar o cavalinho da chuva”, afinal, ser dominante com um pet pode piorar a sua relação com ele. Severidade e autoritarismo são condutas que não condizem com uma boa educação, muito pelo contrário, já que experiências negativas provocam sequelas sociais duras de serem revertidas.

Recuse os latidos

Caso não saiba, o latido é a forma principal dos cachorros de comunicação, e muitos utilizam esse meio para tentar chamar a atenção dos pais, que devem ignorar friamente esses chamados, pois a atenção deve ser usada como uma forma de recompensa para um cão, e dar para ele após toda a “gritaria” o incentivará a latir ainda mais.

Tire-o do tédio

O tédio é o inimigo número um tanto dos pets quanto dos pais, já que ele é capaz de trazer problemas comportamentais nos cães que afetam os dois lados, e os latidos excessivos estão dentro desse pacote. Os humanos precisam enxergar que a vida do cão não para quando estão sozinhos. Portanto, é preciso promover entretenimento para eles em momentos no qual estão solitários.

Para isso, temos diversas opções aqui na Petlove que podem ajudar a chutar o ócio do seu peludo para escanteio, como, por exemplo, o Brinquedo Interativo Kong com dispenser para ração ou petisco, que estimula a cognição e os instintos do pet, além de ser um dos mais indicados por médicos veterinários e especialistas em comportamento canino. O Brinquedo Pet Games Redon Dog, que auxilia na redução da ansiedade e do estresse, também é uma ótima pedida de entretenimento.

Reforço positivo

Não seria justo com o cachorro apenas repreendê-lo quando faz algo de errado, não é mesmo? Também é necessário recompensá-lo nos momentos em que ele faz algo positivo. Quando ele ficar em silêncio quando você chega em casa, por exemplo, faça um carinho e dê um petisco que ele adore. Isso o ajudará a assimilar que esse é um comportamento desejável.

Raças naturalmente falantes

Lembre-se de que algumas raças são predispostas a latirem excessivamente, como Beagle, Chow Chow, Cockers Spaniels, Shelties, Chihuahua, entre outros. Mas isso não quer dizer que não há nada a ser fazer para resolver o problema. Quando ele começar a latir sem necessidade alguma, tente mostrar a ele que aquele comportamento é inconveniente e não deve ser repetido – mas nunca com rigidez!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.