Motivos que fazem um cachorro latir em excesso

Seu cachorro late muito? Se a resposta for sim, saiba que existem inúmeros motivos para esse comportamento. Essa é a principal forma dos cães se comunicarem, mas muitos latem incessantemente sem ao menos uma razão aparente, o que, de fato, acaba sendo um baita problema tanto para os pais quanto para os vizinhos.

Motivos que fazem um cachorro latir em excesso

Raças

Se você é pai de um Beagle, com certeza deve saber que a raça é muito “falante”. Cockers Spaniel, Yorkshires, Shelties, Schnauzers miniatura, Border Collies e Dálmatas também estão entre os que latem mais. Apesar desta predisposição, isso não significa que os latidos vindos de exemplares dessas raças citadas não podem ser controlados, e sim que os pais poderão ter um pouco mais de trabalho para resolver a questão.

Ócio

Deixar um cachorro entediado dentro de casa com toda certeza trará complicações para os dois lados, pois esse é um dos motivos mais populares que resultam em problemas comportamentais. Além de condutas destrutivas, cachorros isolados ou entediados tentam incessantemente chamar a atenção de alguém que esteja por perto ou até mesmo tentando se “comunicar” com outros cães vizinhos que também estão solitários, sem os pais em casa.

Querendo atenção

Fora passar boa parte do dia sozinho e entediado dentro do lar, muitos cães ainda sofrem com a falta de atenção dos pais, que nem sempre possuem tempo durante a semana para se dedicar um pouco mais ao filho de quatro patas. Logo, eles utilizam a sua principal forma de comunicação para tentar chamar a atenção: o latido! 

Passado

Se o seu peludo “falador” morava em um abrigo de animais antes de adotá-lo, essa pode ser a causa dos latidos excessivos. Abrigos são locais onde latir é algo extremamente comum – e na maioria das vezes permitido -, afinal, são centenas de cães unidos à espera de um novo lar, tentando chamar a atenção de quem passa por ali.

Território

Quem nunca levou aquele susto gigantesco devido ao latido estrondoso de um cachorro ao passar em frente a um portão? Esse provavelmente é um cão territorialista, que não curte a ideia de ver estranhos próximos ao seu lar. Até podem parecer ferozes, mas muitos desses peludos latem incessantemente para pessoas e pets desconhecidos motivados pelo medo ou simplesmente para mostrarem que estão ali.

A terceira idade

Algumas pessoas dizem que seus cães eram bem silenciosos até chegar na terceira idade. E isso é comum, já que os idosos estão propensos a sofrer de disfunção cognitiva, que acontece pelo envelhecimento dos neurônios e do funcionamento do cérebro, algo parecido com o Alzheimer

Após essa lista de motivos que podem fazer um cão latir excessivamente, muitos perceberão que alguns podem ter mais de uma razão para apresentar esse tipo de comportamento. Nesta outra matéria, falamos sobre como lidar com os latidos excessivos, desde dicas de como agir até produtos que podem ser comprados aqui na Petlove para deixar o seu peludo mais calmo.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.