A história do dogo argentino

Existem poucas raças de cães que surgiram na Argentina, mas o Dogo Argentino já vale por muitos. Considerado um excelente cão de guarda, este pet também conhecido em alguns lugares como mastim argentino ou argentinian mastiff pode atingir os 69cm de altura  e pesar quase 50Kg.

A história do dogo argentino

Criado na Argentina na década de 1920, o dogo argentino logo ganhou popularidade fora de seu país de origem por sua bravura e audácia. Originalmente “projetado” para caçar pumas e jaguares, apesar de parecer ser um pouco pesado, ele é muito ágil e super musculoso.

Totalmente branco, o dogo é conhecido por ser valente com outros animais e pessoas desconhecidas, mas extremamente fiel à sua família e bem protetor com seu território, assim como as raças que lhe deram origem.

21

Descendente do old fighting dog (algo como velho cão de luta), da Espanha, o dogo argentino possui em sua genética exemplares de boxer – o que fez com que ficassem mais próximos de seus pais humanos e outros membros da família.

Traços do buldogue inglês, dogue alemão, bull terrier, pointer e dogue de bordeaux também são frequentemente citados. O cão que hoje conhecemos foi criado pelo Dr. Antonio Martinez, um médico cirurgião apaixonado por cães e genética. Sua ideia era criar um animal forte, totalmente branco e sem prognatismo. Ao que tudo indica, deu mais do que certo!

Curiosidade sobre o dogo argentino: a raça foi banida da Grã-Bretanha por ser considerada muito agressiva.

Sobre o autor

Jade Petronilho

Jade Petronilho

É jornalista por formação e comportamentalista veterinária por paixão. Desde criança é a "louca dos bichos", por isso resolveu estudar medicina veterinária, etologia e nutrição animal, mas ainda pretende, um dia, fazer zootecnia. Atualmente tem três cachorros, dois gatos e 13 peixes, mas além de cães, gatos e peixes, também já foi tutora de um coelho, três periquitos, dois porcos da índia, dois pintinhos e três cabritos.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.