Levando o bichano para passear

levar gato para passear

Quão estranho é ver alguém passeando com um cãozinho? Exatamente, nem um pouco. Mas e com um gato? Não é todo dia que vemos. Estarão os gatos condenados a ficar entre quatro paredes?!

Para a sorte dos bichanos, não. O que poucos sabem, é que, assim como os cães, os gatos podem apreciar muito uma voltinha pela vizinhança ou até mesmo um passeio mais longo. Claro que cada gato é um caso. Os mais medrosos talvez não queiram abandonar a casinha para desbravar novos ambientes, mas os curiosos vão adorar, acredite.

A preparação para sair com esses bichinhos temperamentais, no entanto, é diferente da preparação para sair com cães.

O primeiro cuidado a ser tomado é a escolha do acessório. Sempre opte pelo peitoral e não pela coleira de pescoço, Os gatos conseguem escapar dessas coleiras com facilidade e, na tentativa de apertar para segurar o danadinho você pode acabar enforcando. O bichano não ficaria nada feliz com isso, acredite.

gato passear de coleira

Como são animais que têm em sua natureza a sede por conquistar territórios, quando ele tentar se esfregar em tudo a sua volta e não parar quieto, fique tranquilo. Gatos tendem a não se sentir à vontade em ambientes novos. Por isso, é de extrema importância que os primeiros passeios sejam em ambientes mais fechados e menos intimidadores.  Uma outra dica é levar nos passeios a caixinha de transporte, para ser uma espécie de refúgio para quando ele estiver assustado com o excesso de informações e barulho.

Sempre que decidir levar seu gato para um ambiente novo, leve-o na caixinha de transporte e não o force a sair de lá. Acredite, você pode se arrepender. Seu gato pode ficar irritado e agressivo. Respeite o tempo e a vontade dele, tente estimulá-lo com petiscos e carinhos. Lembre-se: você não gostaria de alguém tirando você de casa à força.

Em geral, passear com o seu gatinho, por mais que desperte olhares curiosos pelas ruas, é muito recomendado: estimula o exercício físico, evitando problemas graves – como a obesidade, espanta o tédio (do seu gato e seu) e diminui o stress. Então vamos lá, levanta daí! Seu gatinho com certeza está pronto para um passeio. Divirtam-se.

Confira as caixas e bolsas de transportes que temos para você sempre levar seu gatinho com você: http://bit.ly/16C140Q

Sobre o autor

Bruno Oliveira

19 Comentários

  • Gostaria de saber se há risco de contrair doenças nesses passeios.
    Até hj não o estimulei por medo de vírus e outras possíveis doenças.
    Obrigada!

  • Olá, gostaria de saber a partir de que idade podemos levar os gatos para passear. Tenho dois bbs de 4 meses que ainda não tomaram a quádrupla, seria melhor esperar um pouco? Obrigada!

    • Oi Andrea. Animais precisam receber as 2 doses das vacinas múltiplas e a anti-rabica antes de poderem passear ou entrar em contato com outros animais. Também é importante estar com um bom anti-pulgas em dia!

  • O nosso gato aqui em casa o Simba sempre quis levar ele ! porque ele é muito curioso, mas também ele é muito medroso ! E acreditem ele adora cachorros , mas odeia pessoas ! Ele morre de medo de pessoas.

  • Tenho 3 gatos sendo um macho e duas fêmeas.
    Estou tentando habitua-los a passear, quando vou comprar algo para eles, sempre levo um, mas sempre na coleira, morro de medo deles se assustarem e fugir, visto que moro em apto e eles ficam o dia todo trancados.
    O macho da raça manie coon ele até da uns passinhos, mas só alguns, ai deita no chão e temos q carregar o restante do passeio no colo rs….eu comprei guia peitoral para os três.
    É super diferente quando saímos com eles na coleira,vira a sensação do lugar.

  • Eu passeio toda noite c meu gato.
    Moro em Brasília então tem muita grama, plantas e árvores em frente ao prédio.
    Ele já tem o roteiro dele. Me pede insistentemente p descer todo dia.
    Fico sempre perto dele p o caso de aparecer algum outro animal (cachorro, gato, coruja, Gavião…)

    • Olá, João! Realizo estudos sobre comportamentos canino e felino, mais especificamente de cães e gatos. Sua atitude está corretíssima. Porém lhe aconselho a não somente ficar do seu lado, como também permanecer com a guia firme no seu gato, para que, em uma situação embaraçosa, você não perca o controle e aconteça algo inesperado com seu bichano, visto que os gatos são bem danados, imprevisíveis, e muito aventureiros, isso deve ser levado em consideração. caso apareça algum outro animal, deixe-o a vontade, continue deixando ele pensar que está no comando, mas quando o negócio apertar, se apertar, esteja com a guia á mão para controlar a situação. Parabéns, e continue passeando com seu gato, assim ele não ficará tão tenso em casa.

  • Eu amo as dicas do pet love! Tenho 2 gatos e uma gata, a gata detesta sair da zona de conforto dela, mas um dos gatos ama passear, principalmente de carro, no começo ele tinha medo e com o tempo foi se acostumando e agora ama. Pede pra passear todas as noites, de dia ele tem medo.

    • Olá Ana! Geralmente os cachorros de rua, mesmo que por extinto, não suportam gatos na sua frente, dificilmente o cão vai atacar sue bichano, se ele tiver pertinho de você. Por isso recomendo o uso intensivo da guia. é importante sempre o acompanhamento da caixa de transporte, e spray educativo, ou algo do tipo, para se isso venha a acontecer, use-o para intimidar o cão. Nada de bater no animal. Em alguns casos o gato meio que provoca o cão, mas é só você tirar a atenção de seu gatinho dele, que fica tudo bem. incentive seu cão a prestar atenção no passeio, que ele vai lhe seguir e vai aproveitar bem a volta. É isso! espero ter te ajudado um pouco.

  • Tenho quatro gatinhos. Dois deles adoram passear na coleirinha. Quando saio na rua é uma festa, para eles e para as pessoas. Meus gatinhos tem muitos admiradores.
    O problema é somente um: não encontro coleiras específicas para gatos. Então, uso para cachorros.

    • Amei seu site. Gostaria muito de saber onde encontro essa coleira para a minha gata. A de cachorro poder usada no gato? Achei pela foto que ela fica bem firme no bichano. Moro no Rio de janeiro.
      Parabéns e muito obrigada.

    • Olá Maristela. O mercado de coleiras especificas para gatos é pequeno ainda. Porem em casas veterinárias, e em petshop’s, já é possível encontrar coleiras guias, assim com o de pescoço, para cães e gatos. O material mais indicado é o de veludo, algodão (mais difíceis de encontrar), elásticas (podendo prender em garras e dentes, porem se adequam mais facilmente ao seu gato), as de couro, ou couro sintético, cujas o bichano aceita muito bem, mas pode rejeitar se for pesada demais, ou com cheiro desagradável, e as de pressão, que soltam caso seu gato fique preso, a uma cerca, pendurado em um galho, mas o ponto negativo é que há gatos que descobrem como se soltar, e isso pode ser muito ruim para você quando for passear com ele.

  • Eu levo os meus .espero ficar calmo movimento de carros e pessoas e eles amam.pedem pra passear.qdo associam a coleira com passeio passam a perder medo.a parte dificil e achar a coleira,e especifica para gatos e tem tecido molinho e com velcro,sem apertar os bebes.

Deixe um comentário