Os cálculos no sistema urinário de gatos

As pedras no sistema urinário dos felinos são ocorrências que se devem a fatores internos e externos. Um importante elemento interno é a própria anatomia do sistema urinário dos felinos machos que, pode-se dizer, se predispõe à formação de cálculos. Isso ocorre pelo natural estreitamento da uretra desses pets, ou seja, os gatos já vêm assim “de fábrica”. A intervenção preventiva do homem pode ocorrer de algumas maneiras, entre as quais pode-se destacar o fornecimento de alimento premium para gatos, que são rações de primeira qualidade e que podem ajudar o dono a evitar esse tipo de problema. Esses alimentos são, na verdade, rações formuladas com componentes de primeiríssima linha, incluindo acidificantes que irão dificultar a formação de pedras no sistema urinário dos gatos.

Os cálculos no sistema urinário de gatos - Petlove - O Maior Petshop Online do Brasil

Os Cálculos no Sistema Urinário de Gatos

Um dos fatores externos mais importantes que contribuem no aparecimento desse tipo de problema são as rações de má qualidade. pois aumentam o risco de formação de pedras no sistema urinário, por não possuírem acidificantes em sua composição. Além disso, esses alimentos são feitos com componentes de segunda linha, em termos de qualidade e de modo geral não garantem a perfeita saúde do pet. O ideal é que os gatos, assim como todos os tipos de pets, sejam alimentados com rações de boa procedência, fabricadas por empresas confiáveis.

A hidratação é outro fator muito importante na prevenção de cálculos renais. Assim como ocorre com as pessoas, a baixa ingestão de líquidos aumenta a concentração de urina no organismo do felino e, consequentemente, ocasiona o surgimento dos cálculos. Para resolver esse problema o dono deve manter a disposição dos felinos fontes de água específicas para esses pets, que mantém a água em movimento, tornando-a mais atraente aos felinos e encorajando-os a consumi-la com mais frequência. Ainda há a possibilidade de se utilizar rações úmidas para gatos na alimentação do felino, que aumentam o nível de ingestão de água, mas que não dispensam a ingestão de água.

Quando um felino estiver apresentando uma crise de cálculo no sistema renal terá dificuldade para urinar, posicionando-se para a micção e tentando repetidas vezes, porém poucas ou mesmo nenhuma gota ou jato de urina sairá. Vocalização de dor e inquietação também podem ser identificadas. É preciso que os proprietários prestem atenção nesses sinais, pois tratam-se de urgências veterinárias. Em casos como esse a única coisa a ser feita é levar o animal para uma consulta com o médico veterinário, que irá avaliar o grau de comprometimento do organismo e verificará a necessidade de se ministrar medicamentos para gatos, ou adotar outros procedimentos.

Portanto, ração de boa qualidade e água limpa e fresca são aliados na prevenção da formação de cálculos urinários. Ração com baixa qualidade e água suja ou escassa são facilitadores para a ocorrência desse inconveniente doloroso.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

Deixe um comentário