Tipos de Anestesia para Animais

Todo procedimento cirúrgico, seja uma limpeza de dentes, castração ou cirurgia ortopédica precisam ser feitos com o animal anestesiado. A anestesia é que vai garantir que ele não esteja sentindo dor, além de deixá-lo inconsciente por todo o procedimento. Assim, como para humanos, cada animal recebe a anestesia de uma maneira, então há riscos de algum efeito indesejado ocorrer, sendo esse reversível ou não.

A anestesia em cãesgatos pode ser inalatória ou injetável, geral ou local. A anestesia geral, quando o medicamento é aplicado, promove a perda da consciência ou sono artificial, atua na supressão temporária da percepção dolorosa (analgesia), promove o relaxamento muscular ligado à ausência de reação de defesa contra uma agressão. Já a anestesia local é a administração do medicamento apenas com finalidade de bloquear os impulsos nervosos do local a ser operado, sem que o animal fique completamente inconsciente.

A anestesia inalatória é mais segura do que a injetável, pois não precisa ser metabolizada pelo organismo para agir. Tem função através da inalação do remédio e, assim que o animal é retirado do anestésico e volta a inspirar ar puro, começa a voltar da anestesia, tendo um pós-operatório mais tranquilo. Para inalar o anestésico, o animal é entubado, e, além disso, precisa da presença de um anestesista veterinário com um aparelho específico para esse procedimento. É possível aumentar e diminuir a quantidade da anestesia em poucos minutos, de acordo com que a cirurgia vá sendo avançada ou encerrada. É mais segura para o coração e quando disponível, é a melhor a ser escolhida para animais idosos ou cardiopatas. Há dois medicamentos que são mais usados nesse procedimento e o médico veterinário irá decidir qual o mais indicado para o animal em questão. Os custos mais altos e a necessidade de aparelhagem limitam um pouco o uso desse tipo de anestesia.

 Os anestésicos injetáveis são aplicados via intramuscular ou intravenosa e são os mais usados na medicina veterinária, por terem menor custo e não precisarem de aparelho específico. Na maioria das vezes, mais de um remédio é usado de uma só vez, os quais são escolhidos pelo médico veterinário de acordo com a saúde e a idade do animalzinho e de acordo com a cirurgia que será realizada. Há uma certa depressão cardiorrespiratória que a faz um pouco contraindicada para pacientes idosos, cardiopatas ou com problemas na função cardiorrespiratória. O melhor anestésico e o mais seguro deve ser bem avaliado para que a cirurgia possa ser feita, garantindo a saúde e o bem-estar do pet.

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

20 Comentários

  • Castrei minha gata de 8 meses e depois da cirurgia, cerca de 5 dias depois ela parou de movimentar as patas traseiras, ficam esticadas, segundo o veterinário foi a anestesia aplicada,que não foi a inalada, mas sim a injetável.gostaria saber se pode ter agredido o sistema nervoso e se tem medicamento que a faça voltar os movimentos das patas traseiras?

  • Ola é normal o gato ficar mancando depois que castrado? Tem três dias que castramos minha gatinha e percebi logo no dia seguinte a cirurgia que ela estava mancando. É normal?

    • Anestesia só veterinário; agora TRANQUILIZANTE ” ACEPRAN” qualquer um aplica NA BOCA, geralmente três gotas, para deixar o animal meio grogue e não há perigo .

  • E normal castrar um animal doméstico sem raspar o braço para aplicação da anestesia, E raspar o local da cirurgia ?
    Que eu saiba esta acepsia precisa ser feita .
    Pode me tirar esta dúvida?
    Obrigada

  • Oie.
    Meu gatinho tem 2 anos e ele esta com a patinha machucada. Porem ele nao me deixa mexer. Ele acaba rosnando pra mim.. Por esse motivo gostaria de saber se tem como eu comprar uma anestesia para conseguir saber se entrou alguma coisa ou se so foi um machucadinho de leve por onde ele andou.

    • Não é “comprar anestesia” pois isto só é vendido para medicos e clinicas e é perigoso, alem de entorpecente para humanos. O que se pode usar é o medicamente ACEPRAN( casas de rações vendem, na maioria, sem receita), um Neuroleptico inofensivo(demais, sem querer, não mata) e que deixa o bicho lerdo, bastando aplicar na boca umas três gotas através do embolo de uma seringa de injeção de 3 ml sem a agulha- faz efeito em 5 minutos pode durar umas duas horas.

  • Paguei por uma castração com anestesia INALATORIA. Mas quando chegamos em casa notei q tinham cortado o pelo das costas dela, perguntei para o vet. Ele informou q usou a RAQUE. Tambem. Esse procedimento foi correto???

    • Anestesia só veterinário. O que o leigo pode usar para tranquilizar um animal é o neuroleptico ACEPRAN, uma tres gotas na boca, normalmente vendido sem receita nas casas de rações. Usa-se o embolo de uma seringa de 3ml sem agulha.

    • Às vezes mais rotas de fugas , caixas de areia separadas , e se colocarmos uma caixa para cada gato ,e cada uma no lugar em que cada gato tem como seu território, mais prateleiras para eles subirem ,é ótimo para eles ficariam menos inseguros , e param de m

Deixe um comentário