Cadastre-se e ganhe 15% OFF na primeira compra!

Você sabe o que é FIV e FELV?

Se você tem gatos, provavelmente já ouviu falar de FIV e FELV. Essas doenças acometem muitos felinos e, infelizmente, podem ser fatais.

gato doente, deitado em um sofá

FIV: O vírus da “Aids Felina”

A FIV é o vírus da imunodeficiência felina que, como o próprio nome diz, tem características semelhantes ao vírus da Aids humana.

E como ocorre essa transmissão?

A FIV é transmitida através de mordidas profundas entre gatos e relação sexual. Gatos com FIV não transmitem o vírus pelo contato, compartilhamento de vasilhas de água ou comida e lambedura.

E o que o FIV causa nos gatos?

O vírus da FIV pode causar febre, anemia, emagrecimento, falta de apetite, mudanças no comportamento e outros sinais como:

  • Gengivites
  • Úlceras na boca
  • Doenças na pele
  • Doenças nos olhos
  • Problemas respiratórios 
  • Problemas gastrointestinais (vômitos e diarréias)
E como saber se meu gato está com FIV?

O diagnóstico da FIV se dá através de uma avaliação clínica realizada por um médico-veterinário e por exames e testes realizados dentro do consultório.

A FIV tem cura??

Infelizmente, a FIV não tem cura. Mas alguns gatos podem viver muito bem por meses e até anos, desde que estejam com sua imunidade sob controle, e principalmente não estejam passando por situações estressantes.

FELV: Leucemia Viral Felina

O vírus da FELV (Leucemia Felina) é altamente contagioso e, diferentemente da FIV, pode ser transmitido por contato direto. Ou seja, comer na mesma vasilha, beber no mesmo pote de água, usar a mesma caixa de areia e se lamber. Ele também é transmitido por contato sexual e as fêmeas gestantes infectadas também podem transmitir para os seus filhotes.

E o que o vírus da FELV causa nos gatos?

Os sinais clínicos são bem variados, e podem incluir:

  • Febre
  • Perda de peso
  • Perda de apetite
  • Alterações gastrointestinais (vômitos e diarréias)
  • Anemias
  • Diversas neoplasias (câncer)
  • Alterações no comportamento 

E como saber se meu gato está com FELV?

Assim como na FIV, o diagnóstico da FELV é realizado durante uma consulta com um médico-veterinário, por meio de exames e de um teste rápido com o sangue do gatinho e que pode ser realizado ali durante o atendimento.

Gatos diagnosticados com FELV também podem viver por muitos anos, desde que tenham qualidade de vida e que sejam acompanhados por um profissional de confiança.

E como fazer para que meu gato não se contamine com a FIV e a FELV?

Já existe uma vacina contra o vírus da FELV, e o seu gatinho a partir dos 60 dias de idade já pode iniciar o seu protocolo vacinal.  Infelizmente, para o vírus da FIV, todas as vacinas produzidas não foram eficazes até o momento.

E qual melhor prevenção para essas doenças contagiosas?

  • Sempre fazer um check-up no seu gato, fazendo um bom acompanhamento com o seu veterinário de confiança
  • NUNCA deixar seu gato dar voltinhas pela vizinhança
  • Telar a sua casa ou apartamento para que os gatos não entrem em contato com outros gatos
  • SEMPRE quando for levar um gatinho novo para casa, ele deve ser avaliado e testado contra a FIV e FELV
  • Manter as vacinas do seu gato sempre atualizadas

Os humanos podem pegar FIV E FELV?

NÃO!!! Elas não são transmissíveis nem para humanos e nem para outros animais, pelo menos até o que já foi pesquisado até agora. 

Lembre-se: o melhor tratamento é a prevenção e a vacinação!!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Isabela Zitti

É Médica Veterinária Especializada em Comportamento Felino e com pós- graduação em Clínica Médica de Felinos. Possui 10 gatos ( 8 resgatados da rua) que são o amor da vida dela, e esse amor a fez dedicar-se exclusivamente ao atendimento comportamental de felinos.
Isabela possui várias certificações internacionais e realiza consultas, cursos e palestras por todo o país.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.