Aprenda a se comunicar melhor com o seu gato

Todo pai e mãe de gato deseja estreitar cada vez mais a relação com seu peludinho, não é mesmo? Então aprenda a se comunicar melhor com o seu gato!

Bom, de fato os gatos não entendem muito de português ou de qualquer outro idioma, por outro lado, eles são extremamente capazes de estabelecer uma comunicação eficaz explorando outras possibilidades que a linguagem oferece.

Gato e mulher se olhando

Se você tiver interesse e curiosidade sobre o assunto, assim como atenção aos comportamentos e sinais que o seu gato demonstra, são grandes as chances de você mandar super bem na comunicação e estar sempre em sintonia com o seu pet!

Tom de voz

O gato pode até não compreender exatamente o significado da palavra que sai da sua boca, mas com certeza o tom de voz que você utiliza pode interferir diretamente na reação do bichano, então, preste atenção nas suas variações e modulações vocais e utilize-as a seu favor.

À medida que a convivência aumenta, seu gato será capaz de perceber pelo seu tom de voz se o seu recado é uma advertência, um elogio ou até mesmo um chamado para uma sessão de brincadeiras. 

Sabe quando a gente ouve alguém dizer “ele entende direitinho o que eu estou falando”, pois é, pode ser o gato entendendo a entonação e o ritmo da voz e, por meio delas, decifrando a emoção de quem está falando. Então, o gato sabe se é hora de se aproximar para um aconchego ou partir em retirada para se livrar de um perigo.

Linguagem corporal para se comunicar melhor com o seu gato

Os gestos são recursos valiosíssimos na comunicação com o seu filho de quatro patas. Muitas vezes, uma mão estendida em sinal de pare é muito mais eficaz do que qualquer outra medida mirabolante para fazer o seu gato permanecer onde está.

Sabendo utilizar o tom de voz e alinhando com uma linguagem corporal adequada, você tem tudo para trocar “altos papos” com o seu gato! Repare que quando você fala e faz gestos ao mesmo tempo, o gato fica com as orelhas em pé e bem atento aos movimentos que suas mãos estão fazendo.

Uma dica eficaz é a seguinte: na hora de ensinar algum truque ao seu peludinho, combine as palavras com gestos curtos e simples, assim você facilita o entendimento do gato e acelera o processo de aprendizagem dele.

Treine seus ouvidos

Lembre-se que a boa comunicação estabelece uma via de mão dupla, portanto, dedique um tempo para entender a linguagem corporal e os chamados vocálicos do seu gato.

Na editoria de comportamento do Blog Petlove nós temos matérias bem legais para te ajudar a estabelecer uma comunicação rica com o seu pet!

Por exemplo, como identificar o humor do felino pelos gestos dele, como saber o que cada miado quer dizer (fome, acasalamento, tédio etc.) e que nem sempre o ronronar é sinal de felicidade e bem-estar e até ser um sinalizador de que o animal está estressado ou com algum outro problema de saúde.  

Uma ajuda profissional, de um médico veterinário especializado em comportamento felino, é super indicada para elevar o nível desta comunicação e manter os laços afetivos bem apertados entre você e o seu filho de quatro patas ❤️.

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e que não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.