Por que os gatos dormem muito?

O sono do gato realmente é algo muito curioso e um assunto legal de ser explorado. Você sabia, por exemplo, que o fascínio do seu peludinho por várias sonecas ao longo do dia não é uma questão de preguiça? 

Gato-dormindo-Petlove

Os gatos podem passar até 16 horas do dia dormindo por influência de seus ancestrais. É que na vida selvagem, os gatos precisavam cuidar de toda sua alimentação, então era necessário gastar muita energia para seguir os rastros da presa, neutralizá-la e satisfazer suas vontades. Logo, para economizar a energia adquirida com tanto sacrifício e não precisar de outra refeição em pouco tempo, os gatos dormiam para prolongar a sensação de saciedade. A gente chegou a falar sobre esse tema no ínicio do ano.

Característica felina

Os felinos são conhecidos por serem animais crepusculares, ou seja, descansam durante o dia para que à noite estejam preparados para atacar suas presas. Os gatos, depois que passaram a morar conosco, modificaram alguns dos seus hábitos por influência nossa e por isso a maioria dos felinos domésticos dorme à noite toda como a gente – às vezes, até na nossa cama 😹. 

Mas, como você sabe bem, o fato de não trocar a noite pelo dia, em nada impede dos nossos peludinhos passarem boa parte do dia deitados perto da janela. Se bem que mesmo durante esses cochilos os gatos continuam com a audição e o olfato funcionando perfeitamente, já que eles precisam atender seus instintos felinos e estarem sempre prontos para atacar ou fugir de um perigo surpresa.

Cuidados com excessos

Como você viu, as sonecas durante o dia são consideradas normais, mas fique atento ao comportamento do seu gato, pois sono excessivo pode ser sinal de que há algum problema de saúde, então procure ajuda médica veterinária no caso de qualquer suspeita.

Não aceite também que o seu gato inicie o sono noturno sem ter feito alguma atividade durante o dia. Portanto, planeje uma parte da sua manhã ou tarde para incentivar o seu gato a se exercitar, convidando-o para brincadeiras, fazendo ele caçar algum brinquedo ou petisco e não abrindo mão de um enriquecimento ambiental na sua casa

Dormindo bem e mantendo uma boa dose de diversão e exercícios, o seu filho de quatro patas tem tudo para levar uma vida saudável e duradoura!

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.