Veterinário em casa: corte de unhas em gatos

Como você bem sabe, toda semana a gente compartilha aqui um dos atendimentos feitos pelo nosso recém-lançado Serviço Veterinário em Domicílio Petlove, que leva o profissional da saúde até onde o pet mora.

Nós já falamos de atendimento emergencial, de tratamento de miíase (popularmente conhecida como bicheira) e dessa vez vamos escrever sobre um atendimento que para alguns pode até soar estranho em ter sido solicitado, mas a gente vai explicar a importância dele ser feito por alguém especializado: o corte de unha.

Gato-unha-Petlove

Sim, senhoras e senhores, aparar as garras dos animais domésticos é muito importante e trata-se de um procedimento que deve ser feito com regularidade. Quem acompanha nossas publicações, vai lembrar que já explicamos como deve ser feito o corte de unhas em cachorros e também nos gatos

Lembrando sempre que somente as pontas das unhas devem ser aparadas, já que perto da base há uma área sensível irrigada por vasos sanguíneos, assim sendo, qualquer erro no corte para trazer problemas para o seu pet.

Miúda, Mia e Clarinha

Esses são os nomes das três gatinhas que receberam o serviço de “manicure” e “pedicure” em casa. A mãe humana delas entrou em contato com o Dr. Guilherme Miranda, nosso Coordenador Técnico de Serviços Veterinários, que agendou o atendimento.

Miranda explica a relevância em oferecer esse tipo de serviço. “Importante oferecermos serviços como corte de unha, limpeza de ouvido e administração de medicamento, inclusive por via oral. Afinal, tem muita gente que não consegue manipular o animal ou não faz muita ideia de como fazer esses procedimentos”, disse.

A responsável por aparar as unhas das três gatinhas foi a Dra. Andréia Pinheiro de Abreu, médica veterinária e pós-graduada em clínica médica de pequenos animais. A doutora lembra que manter as unhas aparadas é importante para o bem-estar do bichinho, que pode se machucar ao se coçar, enroscar a unha em objetos e ver sua locomoção ficar dificultada.

Antes de fazer uso do cortador de unha (específico para animais), a nossa profissional aproveitou para conversar um pouco com a tutora e saber mais sobre o estado de saúde das peludinhas, se elas apresentavam algum comportamento diferente e se alguma delas era mais agressiva.

“Geralmente o gato é mais sistemático, então a gente tem que deixar que ele fique tranquilo e ir no tempo dele”, contou Abreu, que também revelou uma tática para conseguir cortar as unhas de uma das gatas que estava mais arisca. “Eu acabei utilizando uma toalha para fazer como se fosse um “sushi de gato”, deixando só as patinhas que eu estava manipulando pra fora”, explicou.

Perguntada sobre qual a frequência recomendada para aparar as unhas dos felinos, a doutora respondeu que vai depender muito de gato para gato. Aqueles que vivem em apartamento, geralmente, precisam ter as unhas das patas dianteiras (que se desgastam mais) a cada 15 dias, já as patas traseiras podem receber o tratamento uma vez ao mês.

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.