Cinco raças que exigem mais cuidado com a pelagem

O cuidado exigido na pelagem varia de acordo com cada raça, sendo cada uma delas amplamente influenciada por seu passado. Linhagens ativas, como o Samoieda, por exemplo, requerem muito exercício para evitar que se entediem e tornem-se potencialmente destruidores em casa. Mas o fator importante para se ter em mente antes de escolher uma raça, são as necessidades de cuidados com a pelagem – questão que muitos esquecem de analisar.

As pelagens dos cães que mostraremos a seguir serviam para protegê-los de fatores externos quando estavam trabalhando. Hoje, a manutenção desse tipo de pelagem é uma tarefa trabalhosa, que requer certo conhecimento e, claro, tempo. Por isso, esses cães são recomendados apenas para quem tem algumas horas disponíveis durante o dia.

 

Afghan Hound

Essa raça é uma das mais elegantes do mundo canino. Mas, por trás de toda beleza, existe um volume considerável de trabalho necessário para manter a aparência tão perfeita. O Afghan Hound requer uma quantidade enorme de cuidados e, por isso, não é indicado para pais de primeira viagem – que nunca tiveram um peludo dentro do lar.

Sua pelagem é longa e sedosa que cobre quase o corpo inteiro. Por ser muito propenso a formar nós, os pelos precisam ser penteados com frequência e qualquer emaranhado deve ser cortado. Vale destacar que, caso o cão costume a caminhar em áreas arborizadas, esse cuidado deve ser diário.

Afghan Hound

Pequeno Cão Leão

O nome da raça se deve ao fato de se assemelhar muito a um leão quando tosado. Apesar de ter uma pelagem longa e densa, principalmente na parte superior, o Pequeno Cão Leão quase não tem muda, o que significa que pode ser uma boa escolha para aqueles que sofrem de alergias.

Apesar de não soltar pelos pela casa, sua pelagem é mais exigente do que a de várias outras raças e, possivelmente, caso os pais não tenham prática, será necessário assistência profissional.

Pequeno Cão Leão

Chow Chow

Por ter uma pelagem composta por pelo e subpelo muito densos, muitos pais acabam “adaptando” o Chow Chow ao clima brasileiro com diversos tipos de tosa. Por isso, é totalmente comum vermos alguns exemplares completamente tosados. Mas lembre-se: fazer isso com a maquininha não é recomendado para a raça. O ideal é que o processo seja feito com uma tesoura, pois evita que o pet tenha problemas problemas de pele e enegrecimento da região por conta do uso do aparelho de tosa.

Deseja adotar um Chow Chow? Saiba que a raça necessita de escovação com muita frequência – diariamente, se possível. Isso porque ele pode perder muito pelo e até chegar a ficar com “tufos” presos em seu corpo, deixando uma aparência indesejada.

Chow Chow

Old English Sheepdog

A raça tem pelos extremamente compridos e grossos e chama a atenção por qualquer lugar em que passe. Eles necessitam de bastante cuidado, pois a ocorrência de nós pode ser frequente e, além de causar dor e incômodo, os deixam mais predisposto aos problemas de pele.

Escovações diárias são indicadas para manter a pelagem bonita, sem pelos mortos que podem se espalhar pela casa quando não é feita a manutenção adequada. A tosa é recomendada por especialistas, principalmente no verão, afinal, uma tosa em um Sheepdog pode resultar em mais de dois quilos de pelos retirados.

Puli

Por incrível que pareça, um Puli nasce com pelos bem curtos e crespos, sendo o único momento da vida em que é possível visualizá-lo de “cara limpa”. Mas logo ao primeiro ano de idade a pelagem começa a enfeltrar. A subpelagem macia vai se emaranhando com a camada superior mais áspera, até formar sua pelagem encordoada característica.

As mechas enfeltradas devem ser penteadas à mão para formar cordas iguais. Depois de atingir um ano, ele não precisa mais ser penteado. Vale lembrar que banhos só são bem-vindos quando realmente forem necessários e apenas em dias quentes. Isso porque a secagem total da pelagem espessa pode demorar alguns dias.

Puli

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.