Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Quantas vacinas o cachorro tem que tomar?

Saber quantas vacinas o cachorro tem que tomar é essencial para garantir a proteção que o seu cão precisa desde o comecinho da vida dele.

A gente sabe que existe uma lista extensa de imunizantes, e que por essa razão você está cheio de dúvidas em relação a quantas vacinas o cachorro tem que tomar. Nesta matéria, a gente vai te mostrar tudo o que você precisa saber sobre o tema.

cachorro tomando vacina

Por que devo vacinar o meu cachorro?

Por meio do leite materno, os cães recebem todos os anticorpos e nutrientes necessários para se manterem saudáveis no início da vida.

Contudo, a partir do momento em que ocorre o desmame, geralmente entre a quinta ou sexta semana de vida, eles já não estão mais protegidos de doenças como parvovirose, cinomose, leptospirose, entre outras. Essa imunidade passada pela mãe também depende muito do estado de saúde da cadela e se ela recebeu ou não todas as vacinas antes de ficar prenhe.

Tanto na mãe quanto nos filhotes, a vacinação é a única forma de garantirmos a prevenção de doenças como essas e, assim, garantirmos a integridade dos cães.

Tipos de vacinas para cães

A princípio, existem várias vacinas para cães que podem ser aplicadas no período recomendado para a prevenção de doenças, como:

  • Vacina Puppy
  • V8, V10 ou V12
  • Gripe canina
  • Vacina antirrábica

Quantas vacinas o cachorro tem que tomar?

Afinal, quantas vacinas o cachorro tem que tomar? A resposta é: depende! Isso porque a quantidade recomendada de vacinas pode ser muito variável de acordo com o estilo de vida do pet, região em que mora, entre outros fatores que devem ser levados em consideração.

Para te ajudar a ter uma ideia de quantas vacinas o cachorro tem que tomar, separamos algumas recomendações gerais para os cães.

  • Vacina múltipla (normalmente V8 ou V10): três a quatro doses (Algumas raças, como Rottweiler e Doberman, por exemplo, precisam de uma quarta dose, pois são mais suscetíveis a algumas doenças infecciosas, como a parvovirose).
  • Gripe canina: uma ou duas doses (depende da marca da vacina e dos tipos de gripe que ela evita)
  • Vacina antirrábica: uma dose
  • Leishmaniose: quatro doses, em locais endêmicos ou se o pet viaja para locais de risco.
  • Giárdia: duas doses, caso seja recomendada pelo médico veterinário de confiança.

Já em relação aos cachorros adultos, o recomendado é dar uma dose anual de cada uma dessas vacinas como reforço. Ou seja, não basta que o seu pet tenha tomado todas as vacinas no início da vida, uma vez que o reforço anual é fundamental para garantir a proteção contra todas essas doenças.

Cachorro tomando vacina antirrabica

Posso atrasar a vacina do meu cachorro?

A resposta é não! Não é recomendado atrasar a vacina de um cachorro, independentemente se ele tem acesso à rua ou não, conforme explicamos nesta outra matéria. Isso porque a imunização completa deve ser feita dentro do período recomendado pelo médico veterinário de sua confiança.

Dessa forma, é importantíssimo que você fique atento às datas recomendadas pelo médico veterinário para garantir proteção à saúde do seu pet.

Agora que você já sabe quantas vacinas o cachorro tem que tomar, visite o blog da Petlove para mais dicas e informações sobre saúde canina!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.