10 motivos para ter um gato

Estamos no mês em que é comemorado o Dia Mundial do Gato, e é claro que este felino doméstico, que enche a vida de muitas pessoas de alegria, dá motivos de sobra para se tornar parte da família daqueles que ainda estão indecisos.

Como o nosso sonho é que todo gato tenha um lar para chamar de seu, cá estamos nós para contar algumas curiosidades deste pet para aquelas pessoas que ainda não tiveram o privilégio de ter um gatinho. Confira 10 razões para ter um gato na sua vida!

Ele te faz ser alguém melhor

Se este primeiro motivo não fizer você refletir sobre o assunto, então nem precisa ver os demais tópicos. Quer argumento mais convincente do que a chance de se tornar um ser humano melhor? 

É simples e grandioso assim: quando a gente abre as portas de casa para um gato, é só uma questão de tempo para que ele comece a nos ensinar, da melhor maneira possível, como uma relação de amor incondicional tem o poder de ser transformadora.

Ensina a cuidar melhor do próximo

O gato é, entre os pets, um dos mais independentes, mesmo assim, é claro que ele necessita de cuidados diários e por muitos é visto como um verdadeiro filho de quatro patas. E sempre que a gente se torna responsável por alguém, naturalmente ficamos propensos a expandir esse nosso lado cuidador àqueles que nos cercam.

Gatos são mais independentes

Demos o spoiler acima, mas para quem ainda não desfrutou o doce sabor de ter um gato em casa, saiba que ele cuida do próprio banho, usa instintivamente (e corretamente) a caixinha de areia e não necessita de passeios pela vizinhança. Pelo contrário, os gatos amam quando estão em casa e se sentem bem mais seguros num ambiente em que eles conhecem cada cantinho.

Gatos gostam de coisas simples

Os gatos amam brinquedos e, além daqueles criados especificamente para eles, todo felino doméstico vai enxergar uma oportunidade de diversão nos objetos mais simples e inusitados da casa, como as tão amadas caixas de papelão ou bolinhas de papel.

Companhia para todas as horas

Nos dias mais felizes eles serão motivos de ainda mais sorrisos, por outro lado, quando a tristeza bater lá estará o seu gato para te oferecer amor e carinho. Parece que eles sabem exatamente como deixar a nossa vida melhor. ❤️ 

Boa expectativa de vida

Se a companhia é de qualidade, a expectativa de vida também não deixa a desejar. O gato que leva uma vida 100% domiciliar vive em média 17 anos, sendo que há relatos de alguns que ultrapassam a casa dos 30!

Pode melhorar a nossa saúde

Quem diz que só não adota, pois teme sofrer com alergias precisa rever seus conceitos. Além de existir tratamento eficaz para os casos alérgicos – pesquise a respeito da imunoterapia -, um estudo norte americano revelou que os gatos podem nos fazer viver mais! Os cientistas apontaram que os pais e mães de gatos têm até 30% menos chances de sofrer um ataque cardíaco.

Você menos estressado

As chances de morrer por conta de um ataque de coração diminuem porque os gatos nos deixam mais relaxados, menos estressados e melhoram o nosso humor, combatendo até mesmo casos de depressão. Essa relação de qualidade que conseguimos ter com os pets é uma ótima maneira de levar a vida de um jeito mais leve e saudável.

O ronronar dele é terapêutico

Esta é uma curiosidade bem interessante. Sabia que o ronronar de um gato favorece não só o bem-estar do próprio pet quanto o seu? Pois é! Esse barulhinho que o gato emite geralmente fica numa faixa de frequência entre 25 a 40 Hz e, de acordo com vários estudos, quando somos expostos a frequências nesta faixa, nossa oxigenação é favorecida, assim como o fluxo circulatório. Além disso, há um alívio nas dores crônicas e agudas, aumento da densidade óssea e tonificação dos músculos!

Pode ser uma lição filosófica

Pra encerrar, um convite para “uma vida de gato”. Segundo o filósofo inglês John Gray, os gatos podem nos ensinar a levar a vida de um ponto de vista muito mais simples e com menos preocupações. Para Gray, um estilo de vida à la Garfield pode ser o segredo para um caminho com mais momentos felizes!

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.