Tudo sobre o seu:

Basset Hound

Baixinho, orelhudo e na maioria das vezes com carinha de triste, o Basset Hound já demonstra que não é o cão ideal para sair para praticar exercícios e correr com seus humanos (especialmente por sua característica "rebaixada"), mas é maravilhoso para quem quer ganhar muito carinho - uma vez que essa é uma das raças mais carinhosas e próximas de sua família. São originários da França e resultado de cruzas entre diversos tipos diferentes de cães. Quando chegaram na Inglaterra, apenas foram cruzados com as raças Beagle e Bloodhound, sendo como hoje os conhecemos. Nos EUA, se tornaram uma das raças de luxo mais populares. Como típico cão de faro, ele é rápido em perceber quando há algo que ele deseja por perto, seja um brinquedo ou comida, por isso é tão difícil enganá-los por melhor que consigamos esconder algo.

Características do seu Basset Hound

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Basset Hound

Tamanho

A altura varia de
28 a 38 cm

Peso

O peso varia de
20 a 29 kg
Pelagem
O Basset Hound possui uma camada de pelos duros e bem curtos. As cores podem variar entre preto e branco, limão e branco, vermelho e branco, castanho e branco, preto e marrom e tricolor. A pele do Basset Hound aparenta ser mais “solta” do corpo por conta de suas inúmeras dobrinhas. Alguns exemplares da raça podem ter problemas por conta do excesso de pele e a queda de pelos também pode ser uma realidade.
A obesidade é um dos principais problemas para essa raça, principalmente porque pode causar muitos problemas em sua coluna, como "bico de papagaio" e deslocamento de seus discos intervertebrais - condições que resultam em muita dor para os pets. As dermatites também devem ser observadas, pois suas dobrinhas acabam causando diversos problemas na pele e predispõe ao crescimento de microorganismos. É preciso secar o cão corretamente e evitar que sua pele fique úmida, pois pode atrair fungos. Sua orelha bem longa e caída também é um convite para infecções, otites e parasitas. Quando come ou bebe água, elas podem ainda ficar sujas, causando mau cheiro. Além disso, doenças provenientes de problemas genéticos também podem acometer o basset hound e algumas delas podem ser fatais, como enfermidades que interferem na coagulação sanguínea. Não é recomendado que saltem ou subam na cama ou sofás - isso pode prejudicar suas articulações e coluna, fazendo com que os problemas se desenvolvam mais cedo.
Uma das raças de mais fácil convívio com seres humanos e outros animais é o Basset Hound. Extremamente dóceis e queridos, adoram estar do lado da família e ganharem muito carinho. São ótimos farejadores e podem passar parte do dia buscando coisas dentro de casa. Isso, aliás, pode ser explorado por seus tutores de forma positiva, incentivando o pet a trabalhar seu olfato em busca de pessoas, objetos e até petiscos. Apesar de não possuírem estrutura específica para a prática de esportes, eles são cães ativos e brincalhões, gostam de interagir e têm energia para isso. São cães relativamente fáceis de cuidar. Geralmente não latem muito, porém, quando encontram algo fora do normal ou quando se empolgam com um rastro para farejar, o latido é bastante alto.
Apesar de ser muito apegado à família, o Basset hound é um cão um pouco independente e por este motivo pode não gostar tanto de receber diversas ordens por dia. Adestrar um cão como ele é fácil, mas ensinar truques pode não ser algo tão simples assim. As repetições do treinamento devem ser constantes, sempre aliadas a um bom petisco ou carinho quando acertarem a atividade proposta. Por ser um cachorro mais preguiçoso, ele pode não aprender tão rapidamente os truques, mas com bastante persistência, é possível ensiná-los várias coisas diferentes. Utilize seu instinto de caça para tirar proveito das qualidades da raça sempre o estimulando a procurar coisas pela casa e os agradando quando conseguem. Utilize este momento para estreitar seus laços com o pet e para lhe ensinar diversas palavras que podem ser aplicadas em outras situações do dia a dia.
A expectativa de vida de um Basset Hound é de 12 anos quando bem cuidados.
Apesar de adorarem brincar, é essencial que as brincadeiras sejam feitas com cuidado, principalmente pelos problemas na coluna que a maioria dos cães dessa raça possuem. Ao brincar com uma criança pequena, por exemplo, é importante sempre observar o tipo de interação, evitando que sejam feitos movimentos bruscos e que não se pressione as costas do Basset. "Montar" um basset houd é algo fora de cogitação, pois pode machucá-lo bastante. As orelhas dos cães dessa raça exigem uma atenção especial, devendo ser higienizadas com produtos especiais para pets com bastante frequência por serem longas. As dobrinhas do rosto e das patinhas também devem ser limpas com mais atenção. Geralmente os Bassets babam bastante, sendo ideal limpar a boca deles com um lenço umedecido específico ou pano seco. Outro ponto de atenção para quem quiser ter um Basset em casa é o peso, eles têm predisposição a obesidade, então, a dieta deve ser sempre balanceada e indicada por um médico veterinário de confiança.
Para manter a forma, precisa de exercícios frequentes, mas sem sobrecarga em sua coluna ou articulações da patas. Nas narinas dos Bassets Hound, existem mais de 20 milhões de receptores! Então, eles adoram farejar e buscar objetos escondidos. Por serem bastante dedicados, é bem difícil tirar o foco deles enquanto praticam esse tipo de atividade. É tão dócil que convive muito bem também com os gatos e outros tipos de animais, mas é preciso socializar seu filhote desde cedo para que isso aconteça conforme o esperado.
Videos
Ainda não temos videos para esse pet