Tudo sobre o seu:

Bichon Bolonhês

De origem italiana, o Bichon Bolonhês é uma raça gentil, equilibrada e amistosa. Sua inteligência, lealdade e sociabilidade faz com que sejam verdadeiros companheiros. Bem adestrados, podem ser levados a praticamente qualquer lugar e se adaptam facilmente à rotina do dono. Como membro do grupo das raças Bichon - reconhecidos como excelentes companheiros -, e em parte por sua coloração branca, o bolonhês tem sido um animal de estimação popular há séculos. É o típico cãozinho de colo, graças, ao seu tamanho reduzido e disposição amigável. Sua altura varia entre 25 e 30 centímetros, enquanto seu peso alterna de 2 a 4 quilos. A raça demanda pouca atividade física e, devido ao porte pequeno, é um cão que pode ser criado facilmente em apartamentos.

Características do seu Bichon Bolonhês

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Bichon Bolonhês

Tamanho

A altura varia de
25 a 30 cm

Peso

O peso varia de
2 a 4 kg
Pelagem
A pelagem longa, que não é encaracolada, se estende por sobre todo o corpo. Sempre em tom branco puro, mas manchas ou sombras amarelo-pálidas também são comuns. É preciso ser escovada regularmente para evitar a formação de nós. Não deve ser cortada ou tosada.
O Bichon Bolonhês é dificilmente apresenta algum tipo de problema de saúde. Contudo, é preciso ter alguns cuidados específicos, já que podem apresentar alguns problemas de pele. Por isso, os pais devem estar sempre de olho em suas dobras. Lembrando que, assim como todas as raças, o filhote deve ser vacinado no tempo certo e não deve andar na rua nos primeiros meses de vida.
Ele se dá super bem com outros cães e, em geral, vive em harmonia com outros pets e crianças. Não curte a ideia de passar um dia inteiro sozinho, por isso, adora a companhia dos pais e da família. Tende a ser um pouco reservado com pessoas estranhas em um primeiro contato.
O adestramento costuma não apresentar problemas. O Bichon aprende rapidamente e adora fazer as coisas para seu adestrador. Uma abordagem gentil - que não deve ser confundida com inconsistente - é recomendada. O adestramento severo não é ideal para essa raça e seria desnecessariamente perturbador.
O Bichon Bolonhês vive em média entre 12 e 14 anos. Porém, é necessário oferecer qualidade de vida e estar sempre acompanhando sua saúde para que viva ainda mais.
Por sua pelagem repelir a sujidade, o cão não precisa de tantos banhos. Para evitar a formação de nós, é necessário escová-lo semanalmente. Uma vantagem é que o Bolonhês não solta pelo. Por isso, os pelos mortos são encontrados somente na escova, e não pela casa. Sobre exercícios, a raça se contenta com uma quantidade média de atividades, mas adora acompanhar seus pais em uma longa caminhada.
O Bichon Bolonhês encantou muitos governantes europeus ao longo dos séculos. A rainha Maria Teresa da Áustria (1717-1780) amava tanto seu bolonhês que, quando ele faleceu, foi passado aos cuidados de um taxidermista e, hoje, está exposto em um museu em Viena, capital do país. Apesar de estarem ligados à cidade de Bolonha, não se sabe realmente sobre a origem da raça. A explicação mais cabível é que seriam descendentes do Maltês, e seus ancestrais teriam sido levados de Malta para Itália, onde se tornaram populares. A atriz Marilyn Monroe, estrela de Hollywood e um dos símbolos femininos do século XX, também se rendeu aos encantos da raça.