Tudo sobre o seu:

Bloodhound

Antecessor de muitos Hounds que, assim como ele, seguem a presa pelo faro, o Bloodhound não tem concorrência no quesito seguir “pistas frias”, que foram deixadas há horas ou até mesmo dias. Também conhecido como Cão de Santo Humberto, a raça é completamente amigável e companheira. Criado no século VII, essa linhagem era usada para rastrear corças machucadas, o que explica seu nome em inglês, já que seguiam o rastro do sangue da presa. Logo após, suas habilidades foram utilizadas para seguir humanos. O grandalhão farejador costuma pesar entre 36 e 50 quilos, e sua altura pode chegar aos 69 centímetros.

Características do seu Bloodhound

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Bloodhound

Tamanho

A altura varia de
58 a 70 cm

Peso

O peso varia de
36 a 50 kg
Pelagem
Por sua pelagem ser bem curta, não precisa de cuidados especiais. A higienização é bem simples. Podem desenvolver um “cheiro de cão” bastante forte e, por isso, banhos são sempre bem-vindos. Suas cores são: preto e fogo, fígado e fogo ou vermelho.
Como problemas comuns de saúde, a raça apresenta apenas o timpanismo. Além disso, como precaução, não deixe o Bloodhound se exercitar após se alimentar pois pode ter torção gástrica.
Calmo, gentil e paciente, o Bloodhound adora crianças e é conhecido por ser completamente tolerante com bebês que tentam subir nele. Além disso, são determinados e independentes, tendo sempre opinião própria e, por isso, muitas vezes tomam as próprias decisões ao invés de obedecer os comandos dos pais.
No livro “A Inteligência dos Cães”, de Stanley Coren, foi elaborado um ranking de inteligência canina e, na lista, o Cão de Santo Humberto aparece na 74° colocação. Lembrando que a “inteligência” avaliada pelo autor do livro é definida como “inteligência de obediência e trabalho”, e não da “inteligência instintiva” dos cães, ou seja, a facilidade de aprendizado na hora da adestração.
Infelizmente, o Bloodhound tem uma curta expectativa de vida, de 10 a 12 anos.
O Bloodhound precisa de uma boa dose de exercícios diários, já que é cão de caça. Criado para rastrear pistas em qualquer tipo de situação, é necessário estar de olho para que não fuja por aí, portanto, é importante oferecer atividades em áreas seguras. Suas orelhas precisam de uma atenção especial. Por estar sempre em contato com o chão, e também com a comida - elas caem dentro do pote enquanto comem -, é preciso fazer a higienização regularmente para evitar problemas nos canais auditivos.
Os Bloodhounds foram criados no século VII por Santo Humberto da Bélgica e seus monges. O Santo costumava presentear o rei da França com um par de cães da raça anualmente. Por isso, até hoje, os Bloodhounds, em boa parte da Europa, são conhecidos como “Cães de Santo Humberto”. Além disso, a raça é conhecida por ser um “eterno bebê”. Eles costumam demorar para amadurecer, alcançando a adolescência a partir de um ano de vida, e não atingem a maturidade até, pelo menos, os dois anos. Durante esse período, os Bloodhounds podem ser turbulentos, desajeitados e curiosos com qualquer cheiro interessante.