Tudo sobre o seu:

Borzói

Criado na Rússia, o borzói é um dos cachorros mais altos do mundo, sendo impossível não perceber a presença de um exemplar da raça. Arredios e desconfiados com estranhos e exímios corredores, esses cães são muito dependentes de suas famílias humanas, sofrendo quando passam um período (mesmo que curto) longe deles.

Características do seu Borzói

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Borzói

Tamanho

A altura varia de
65 a 82 cm

Peso

O peso varia de
25 a 47 kg
Pelagem
Embora de longe possa não parecer, a pelagem do borzói é sedosa nas duas variações (ondulada ou cacheada). Esse pet possui pelos mais longos no pescoço, rabo e nas patas. Uma escovação semanal é suficiente para a manutenção de sua pelagem. Suas cores aceitas são: branco sólido, dourado, preto, vermelho, cinza, manchado, tigrado ou tricolor.
O borzói não costuma ter muitos problemas de saúde, mas como a maioria dos galgos, pode ser mais sensível ao uso de anestésicos. A displasia coxofemoral pode atingir alguns exemplares, mas a maioria dos criadores desta que é uma raça rara no Brasil se atenta à condição, retirando de sua linhagem animais acometidos pelo problema que causa dor, desconforto e problemas de locomoção. Os borzóis têm uma grande tendência à torção gástrica. Jamais permita que seu pet faça atividades físicas (ou mesmo corra pela casa) depois de se alimentar ou beber muita água.
Este é um dos cachorros que mais preza pela vida ao lado dos humanos. Apesar de seu enorme tamanho, ele gosta muito de ficar na companhia das pessoas, mesmo que seja apenas deitado no sofá. Não é indicado que viva sozinho e/ ou que passe longos períodos do dia sem companhia. Algo curioso da raça é que quando estão dentro de casa, se mostram calmos e tranquilos, mas quando saem, parecem que desenvolvem outro tipo de temperamento, correndo sem parar e sendo muito brincalhões. A raça costuma se dar muito bem com gatos, mas pode estranhar alguns cães que não conheceu desde filhote. Fique atento!
Borzóis são auto-confiantes e não gostam muito de serem comandados. Eles podem se mostrar um pouco teimosos em algumas ocasiões, mas paciência por parte de quem os treina é fundamental para o sucesso nessa “missão”.
A expectativa de vida do borzói é de 08 a 10 anos.
O excesso de pelo entre suas “almofadinhas” pode ser um problema. Uma tosa na região é indicada quando os pelos estão compridos demais. Escovar o pelo do pet pelo menos uma vez por semana com uma escova de pinos de plástico é o ideal.
O borzói, além de muito alto, tem uma conformação corporal um tanto quanto diferenciada. Seu focinho alongado segue o padrão dos galgos, mas seu pelo é bem diferente, já que é mais enrolado. Seu tórax é bem evidente e estreito/ profundo, enquanto sua porção abdominal costuma ser esguia e mais próxima à coluna.