Tudo sobre o seu:

Buldogue Serrano

De origem brasileira, acredita-se que o Buldogue Serrano é proveniente de outros Buldogues trazidos para o País em meados do século XIX por imigrantes europeus. A raça foi criada especialmente para trabalhar na função de pastoreio, mas também era usado para levar bois e porcos para o abate. Todavia, esses encargos foram proibidos de serem exercidos por cachorros no Brasil, o que quase causou a extinção da linhagem. Por sorte, o cinófilo Ralf Schein Bender foi o responsável por restabelecer o Buldogue Serrano na década de 70.

Características do seu Buldogue Serrano

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
A pelagem do Buldogue Serrano é lisa, curta, densa e de textura média, podendo ser de qualquer cor. Ela não demanda tantos cuidados, sendo uma escovação semanal ou quinzenal o bastante para mantê-la limpa, brilhosa e saudável.
O Buldogue Serrano é uma raça bastante saudável e não é predisposta a nenhum problema de saúde. Ainda assim, vale destacar que o cão deve ter uma rotina regular de check-ups com um médico veterinário de sua confiança.
Dócil, equilibrado e amoroso, o Serrano é um exímio companheiro da família e protege o lar como ninguém, graças à sua função antepassada. É um cachorro corajoso e dificilmente demonstra agressividade, a menos que julgue estar em uma situação de perigo.
O Buldogue Serrano é inteligente e adora demonstrar obediência para os seus humanos, o que facilita - e muito - a sua educação. Entretanto, ele precisa de um treinamento firme e consistente, pois é independente e pode fazer o que bem entende. Isso significa que a raça não é indicada para pais de primeira viagem, isto é, que não têm experiência na criação de cães.
Um Buldogue Serrano vive, em média, entre 10 e 12 anos.
Por ser um cão rural, o Buldogue Serrano não é recomendado para viver em pequenas casas ou apartamentos. Ele precisa de um local amplo para que possa viver saudavelmente. Fora isso, esse é um cachorro enérgico que precisa de uma boa rotina de exercícios físicos. Inclusive, ele pode ser um bom companheiro para corridas e caminhadas.
Acredita-se que a raça seja resultado do cruzamento entre o Bullenbeisser, Buldogue Maltês e o antigo Buldogue Inglês, mas também há a premissa de que o Buldogue Espanhol e o Alano tenham colaborado para o seu desenvolvimento.