Tudo sobre o seu:

Cão D'água Português

O cão d’água português ficou bem popular nos últimos anos por ser uma das raças prediletas do ex-presidente dos Estados Unidos. Barack Obama frequentemente aparecia com seus exemplares da raça, fazendo com que este simpático cão ficasse mais conhecido fora da Europa. Às vezes parecido com o poodle gigante (especialmente quando todo preto), o cão d’água português, como o próprio nome sugere, é um excelente nadador e adora qualquer tipo de atividade que envolva água. Isso, obviamente, pode ser um problema quando chove, já que esses cãezinhos gostam muito de brincar na chuva.

Características do seu Cão D'água Português

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Cão D'água Português

Tamanho

A altura varia de
43 a 57 cm

Peso

O peso varia de
16 a 27 kg
Pelagem
O cão d’água português possui uma tosa bem específica e característica que facilita a natação. Se não tosado, seu pelo ondulado pode desenvolver nós especialmente quando não secado de forma adequada. Cães d’água contam com pelagem interna e externa. A raça possui variações de pelos longos e ondulados (mais comum) e pelos curtos e encaracolados. Embora o preto e o preto com branco sejam os mais vistos, existem também os cor de creme, fulvo e fulvo com branco.
De modo geral, o cão d’água português costuma ser bastante saudável e resistente. A raça, porém, possui predisposição genética à displasia coxofemoral e a problemas oculares como a catarata e a atrofia progressiva da retina.
Fiel e muito afetuoso com seus humanos, o cão d’água costuma ser também bastante receptivo com outros animais. Se socializado desde filhote, ele se mostra sempre amistoso, se destacando como uma boa companhia para crianças e idosos.
Exemplares de cão d’água de Portugal podem latir em excesso, mas costumam ser extremamente obedientes - o que facilita na sua educação. Por natureza, eles adoram fazer o que lhes é pedido e não são teimosos. Eles são bastante sensíveis e, por isso, precisam de treinadores gentis. Broncas costumam ser desnecessárias para a raça, que na maioria do tempo está aberta a novas lições e aprendizados. São cães bastante inteligentes e isso pode ser usado a favor de seus tutores, pois é algo que facilita - e muito - o vínculo com o cão d’água.
A expectativa de vida de um cão d’água português gira em torno de 15 anos.
Os de pelo encaracolado têm mais problemas com nós. É indicado que esses sejam escovados pelo menos a cada dois dias. É recomendado realizar uma tosa da raça de duas a três vezes ao ano. Por ser um cachorro de trabalho e que adora atividades ao ar livre, o cão d’água português precisa de espaço e de pais humanos dedicados, que explorem seu lado aventureiro.
O cão d’água português surgiu no Algarve, no século XVI, época em que acompanhava pescadores e os auxiliava a pegar objetos caídos no mar. Eles também eram usados como “cães mensageiros”, que enviavam cartas de um barco para outro.