Tudo sobre o seu:

Rodhesian Ridgeback

Criado na África do Sul no século XIX para caçar leões, o Rhodesian Ridgeback (Leão da Rodésia) tem algo único, não visto em nenhuma outra raça: em cima da linha de sua coluna, seus pelos seguem o fluxo contrário ao comum, dando um aspecto de “pelos arrepiados” na região. Pode acontecer de alguns exemplares da raça não nascerem com esse “Ridgeback” (elevação contrária), mas esses não devem ser acasalados, pois fogem ao padrão.

Características do seu Rodhesian Ridgeback

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Rodhesian Ridgeback

Tamanho

A altura varia de
61 a 69 cm

Peso

O peso varia de
30 a 39 kg
Pelagem
O Rodhesian tem um pelo liso e bastante curto, sempre num tom de dourado escuro, puxando para o dourado avermelhado. Algumas manchas brancas no peito e nas patas são aceitas, mas não devem aparecer no resto de seu corpo. A região de seu focinho costuma ser preta. A pelagem deve ser escovada semanalmente de preferência com luvas apropriadas e não com escovas ou pentes.
O Leão da Rodésia costuma ter uma boa saúde, mas é preciso uma atenção especial para os quadros de sinusite (algo típico da raça) e a presença de uma doença intitulada cisto dermoide/ dermoid sinus do Rhodhesian Ridgeback (problema genético que pode fazer com que haja uma abertura na pele no lugar da crista, sendo uma porta de entrada para microorganismos e comprometendo gravemente a saúde do pet). A displasia coxofemoral/ de quadril também pode ocorrer em alguns exemplares, por isso é de total importância pesquisar em qual canil irá adquirir um filhote e ter certeza de que os pais do seu são negativos para essa condição que causa dor intensa e problemas de locomoção. Se comem demais e fazem pouco exercício, eles têm uma tendência ao sobrepeso.
Apesar de seu ofício primário de caçador de grandes felinos, o Rodhesian hoje costuma ser visto como cão de guarda ou até mesmo como cachorro de companhia. Quando socializados de forma adequada ainda filhotes, podem se dar muito bem com outros animais (inclusive gatos). É um cachorro que costuma estar alerta, mas gosta muito da companhia de seus pais humanos.
O Leão da Rodésia é bastante obediente e inteligente. Ele gosta de aprender novos truques e interagir com seus humanos favoritos. Se bem educados, eles podem virar uma excelente companhia para locais pet friendly e viagens em família.
A expectativa de um cachorro da raça Leão da Rodésia é de 13 anos.
O Rodhesian Ridgeback não precisa de cuidados muito especiais, mas é preciso ficar atento ao ganho de peso e às suas necessidades de gasto energético (que pode ser feito com brincadeiras mentais e atividades físicas). Evite que seu pet corra em pisos muito escorregadios, isso pode causar problemas articulares.
O Rodhesian é resultado do cruzamento de cães de caça com o Hottentot Dog (raça atualmente extinta) que também possuía essa “crista” no dorso. Sua agilidade é impressionante e, por isso, ele podia competir com leões - que são animais astutos e extremamente rápidos.