Tudo sobre o seu:

Coelho Bélier Francês ou Lop Francês

O coelho da raça Bélier Francês, também conhecido como Lop Francês (French Lop), é uma das variedades da raça Bélier e foi obtido através do cruzamento entre as raças Bélier Inglês, Gigante de Flandres e coelho Normando em meados do século XIX. A raça foi estabelecida no Reino Unido em 1922 e somente em 1970 começou a se difundir pelos Estados Unidos. O Bélier Francês é o maior dentre as variações, podendo ultrapassar 5,2Kg, e foi desenvolvido com o intuito de fornecer carne, embora hoje em dia seja mais comercializado como animal de estimação (pet). Suas orelhas são longas e caídas, mas são menores quando comparadas às do Lop Inglês. Os olhos seguem a cor da pelagem. Além do Lop Francês, existem outras raças Bélier, tais como Bélier Inglês (Lop Inglês/ English Lop), Bélier Holandês (Lop Holandês/ Holland Lop), Fuzzy Lop Americano (American Fuzzy Lop), Mini Lop e Bélier Alemão (Lop Alemão/ German Lop).
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
A pelagem é densa e macia e o comprimento do pelo é médio, medindo em torno de 3,5cm. São aceitas diversas cores de pelagem como chinchila (cor que se assemelha à cor do roedor Chinchila), fulvo, broken (branca com qualquer outra cor da raça), chocolate (tom de marrom), entre outras, sendo as cores cinza ou pardo as predominantes.
Coelhos da raça Lop Francês apresentam maiores chances de desenvolver piodermite (infecção cutânea) em áreas de dobra de pele e na região perineal (entre o ânus e o órgão geniturinário) e entrópio (margem palpebral invertida em direção ao globo ocular). Em ambas as situações ou em qualquer outro caso em que haja alteração física ou comportamental o pet deve ser levado a um(a) médico(a) médico(a) veterinário(a) especialista em pets não convencionais (silvestres e exóticos). Recomenda-se acompanhamento com o(a) médico(a) veterinário(a) especialista pelo menos uma vez ao ano para garantir que o coelho esteja saudável e que o manejo realizado seja o correto.
São animais muito dóceis e calmos, sendo excelentes pets de estimação para famílias com crianças, devendo-se sempre tomar os cuidados necessários.
Assim como os coelhos de outras raças, são bastante espertos e aprendem facilmente, com a técnica correta e paciência, a utilizar a caixinha higiênica.
Podem viver em média de cinco a sete anos. Coelhos maiores tendem a viver mais que as raças menores.
Apesar de não terem as orelhas tão compridas quanto o Lop Inglês, recomenda-se o uso de bebedouros tipo “nipple” ou “mamadeira” para evitar que fiquem úmidas ou até mesmo molhadas. Além disso, é essencial que as unhas estejam sempre bem aparadas para que não causem lesões nas orelhas, porém deve-se ter experiência em cortá-las para não machucá-los caso contrário sugere-se consultar um(a) médico(a) veterinário(a). Sua pelagem não exige muito cuidados, uma escovação por semana pelo menos já é o suficiente para manter o pelo saudável. É importante salientar que os coelhos não precisam tomar banho (salvo algumas exceções), uma vez que se higienizam por conta própria e, mas caso seja necessário limpar alguma região que esteja muito suja aconselha-se a utilização de lenço umedecido, devendo-se secar o local com um pano limpo posteriormente. Per serem de grande porte, os Lops Francês precisam de um espaço amplo onde possa pular, brincar e explorar, deixando as gaiolas ou tocas como locais de refúgio. Os demais cuidados necessários são os mesmos recomendados para coelhos de qualquer raça, e o ideal ao adquirir um coelho como companheiro é realizar uma consulta de orientação com um(a) médico(a) médico(a) veterinário(a) especialista em pets não convencionais (silvestres e exóticos) para obter informações sobre como cuidar de forma adequada deste pet.
As fêmeas tendem a ter ninhadas com muitos filhotes, sendo consideradas prolíferas. Há relatos de coelhos Bélier Gigantes com até 22Kg. A criação de coelhos é legalizada no Brasil, sendo possível encontrar criadores em diversas regiões do país.