Tudo sobre o seu:

Coelho Havana

O coelho Havana foi criado na Holanda em 1898. Apesar do nome sugerir origem cubana, acredita-se que este coelho seja produto do cruzamento de ninhadas mais escuras da raça holandesa. Seu tronco é curto e os membros bem juntos a ele. As orelhas são pequenas, eretas e bem próximas umas das outras, medindo em torno de 10cm de comprimento, e seus olhos acompanham a cor da pelagem. Apesar de existirem outras cores, a havana (chocolate) é a mais popular de todas.
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
Os coelhos havana podem ter pelagem nas cores preta, azulada, broken (cor branca com manchas em qualquer umas das cores citadas) ou havana (tom chocolate). Dentro de uma mesma ninhada podem existir filhotes com tonalidades diferentes, demonstrando a dificuldade em se obter pelagens uniformes. Seu pelo é curto, medindo em torno de 1,3 a 2,5cm de comprimento.
Não há doenças específicas que afetem coelhos da raça Havana, mas diversas enfermidades e alterações comportamentais podem se desenvolver se não houver manejo adequado e acompanhamento com um(a) médico(a) veterinário(a) especializado em pets não convencionais (silvestres e exóticos).
São animais dóceis, amigáveis e amorosos, mas não são tão tolerantes quanto outras raças. Portanto, podem apresentar comportamento agressivo quando contidos com frequência ou em determinadas brincadeiras.
De maneira geral, os coelhos são bastante inteligentes e de fácil treinamento, mas por serem mais intolerantes, a raça Havana pode ser um pouco mais difícil de treinar.
O tempo médio de vida de um coelho havana é de seis a oito anos, mas tem coelhos que vivem muito mais. Raças menores geralmente têm uma expectativa de vida menor que as maiores.
É fundamental que pais de pets tenham conhecimento da espécie e suas particularidades para que todos os pré-requisitos de bem-estar sejam atendidos e que uma boa qualidade de vida seja fornecida. Portanto, além de pesquisar sobre o pet em fontes de confiança, ao adquirir um coelho, o ideal é passar por uma consulta de orientação com um(a) médico(a) veterinário(a) especializado em pets não convencionais (silvestres e exóticos) para obter informações de como criá-lo de forma adequada.
Por ter um tamanho mais compacto, é um excelente pet para quem mora em apartamento pequeno. Após diversos cruzamentos, foi obtida a versão grande do Havana, cujo menor peso é 4Kg, mas o tamanho original continua sendo o mais procurado como animal de estimação. A criação de coelhos é legalizada no Brasil, sendo possível encontrar criadores em diversas regiões do país, principalmente próximo aos grandes centros urbanos.