Tudo sobre o seu:

Dachshund

Mais conhecido popularmente como “salsicha”, a raça Dachshund (ou teckel) é muito famosa no mundo todo. Sua origem ainda é incerta, apesar de terem sido encontradas referências de um cachorro com características semelhantes ao Dachshund no antigo Egito. Mas primeiramente foi na Alemanha que esse simpático cachorrinho ganhou espaço, na Idade Média. Sua estrutura era perfeita para alcançar os animais em suas tocas, principalmente raposas e texugos, por isso em algumas regiões ganhou o apelido de "texugueiro". Os Dachshunds possuem dois tamanhos e três tipos de pelos, mas o mais antigo é o Dachshund de pelo curto, foi ele quem deu origem aos demais estilos através do cruzamento com outras raças como os Schnauzers e o Spaniels. Por volta de 1800 a raça começou a tomar conta dos lares como cachorro de companhia, especialmente pela realeza. Em 1885 eles chegaram aos EUA e foram registrados oficialmente como raça pelo Kennel Club. Esses pequenos compridos perderam espaço durante a Primeira Guerra Mundial por serem associados aos alemães. Com isso, donos de Dachshund eram considerados traidores e os pobres cãezinhos eram até agredidos. Foi por volta de 1950 que eles deram a volta por cima e o teckel tornou-se a raça mais popular dentro dos lares americanos.

Características do seu Dachshund

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Dachshund

Tamanho

A altura varia de
20 a 22 cm

Peso

O peso varia de
3 a 9 kg
Pelagem
Tem salsichinha para agradar todo mundo! A raça Dachshund pode ser encontrada com pelo curto, pelo longo e pelo duro (arame). O Dachshund de pelo curto é o mais antigo, com pelagem brilhante e densa. O pelo duro também é denso e curtinho com subpelos. Os pelos longos são brilhantes, sedosos e um pouco ondulados. A pelagem pode ser unicolor, bicolor ou até mesmo todo manchadinho (o qual leva o nome de arlequim), mas a cor básica é sempre preto, vermelho ou cinza.
Se por um lado a anatomia do Dachshund é excelente para algumas atividades, isso também faz com essa raça seja predisposta a algumas doenças, principalmente envolvendo a coluna. As patinhas curtas e a coluna alongada sofrem muito mais com a pressão ocasionada por movimentos de alto impacto como descer e subir escadas ou mesmo de móveis considerados baixos, como o sofá. Utilize rampas para que o animal tenha acesso fácil a lugares mais elevados e isso deve ser utilizado desde sempre. Ele terá que ser treinado para aprender que só deve subir ou descer por aquele lugar em específico, mas isso será de grande importância para preservar a saúde do bichinho. Principalmente quando começa a entrar na terceira idade, é muito comum o surgimento de hérnias de disco, que causam muita dor e exigem um tratamento para o resto da vida - sendo indicada até mesmo cirurgia em alguns casos. Ainda como meio de preservar a saúde da coluna do salsichinha, o peso deve ser controlado rigorosamente. Até mesmo um pequeno aumento de peso faz com que a coluna sofra maior pressão o que pode levar a maiores problemas. Mesmo assim são cãezinhos muito ativos e brincalhões, adoram socializar e cavar! Por mais que atividade física seja essencial, ela não deve ser exagerada.
Eles podem ser pequenos, mas dentro de um teckel cabe um monte de sentimento de uma só vez. Eles são elétricos, adoram brincar e correr (e cavar, não se esqueça). Ao mesmo tempo em que são muito sociáveis e independentes, são leais e protetores. Apesar de não ser agressivo é muito alerta e está sempre de prontidão para chamar a atenção de seu humano caso algo incomum surja diante dele.
No livro A Inteligência dos Cães de Stanley Coren, o Dachshund ocupa a posição 49ª. Como deu para ver ele é um cãozinho muito perspicaz e aprende rápido, o problema está na teimosia. Sua agitação e personalidade forte faz com que dê um pouco mais de trabalho adestrar esse cãozinho. Comece o treinamento logo quando ele ainda for filhote. Os exercícios regulares e brincadeiras frequentes também deixarão a energia desse danado mais equilibrada fazendo com que ele fique mais obediente e centrado.
O Dachshund possui expectativa média de vida entre 12 e 15 anos.
Todo e qualquer excesso que sobrecarregue a coluna deve ser evitado durante a vida do Dachshund. A alimentação deve ser observada de perto e auxiliada por um médico veterinário para que o animal esteja recebendo todos os nutrientes necessários, mas sem levar ao aumento de peso. Os exercícios regulares ajudam a manter a saúde em dia. Essa raça também é caracterizada pela orelha que é caída. É muito comum em cães que possuem o mesmo tipo de formato das orelhas que eles apresentem dores de ouvido e a proliferação de fungos, já que as orelhas ficam abafadas. Para evitar esse tipo de problema, basta manter uma higiene regular nessa região, sempre com um algodão e a utilização de produtos especiais para a limpeza.
Dachshund é uma palavra alemã que caracteriza muito bem a origem desse cãozinho: “dachs” significa texugo e “hund” significa cachorro. A primeira Olimpíada a adotar uma mascote foi a de Munique, em 1972, e o escolhido para isso foi um Dachshund! Waldi, como foi chamado, fez um grande sucesso! A raça ficou famosa na Europa graças à Rainha Victoria, da Inglaterra, que era apaixonada por eles.
Videos
Ainda não temos videos para esse pet