Banner Multiplus
Dálmata

Tudo sobre Dálmatas

Descrição do Dálmata


Especificações do Dálmata

Tamanho

56 a 61 cm

Peso

24 a 32 kg

Pelagem

A pelagem do Dálmata é sua assinatura. Eles são brancos puros, sem variações, e com manchas pretas ou cor fígado (marrom escuro) e de formato arredondado por todo o corpo. Os pelos são curtos e duros, mas ao mesmo tempo são lisos e brilhantes. Filhotes de Dálmata nascem todos brancos, as manchas começam a aparecer a partir da segunda semana de vida. A má notícia é que eles soltam muito pelo! Você pode, e deve, escová-lo com frequência para retirar os pelos mortos antes que caiam, mas isso não vai evitar a queda frequente, especialmente no Brasil.

Rações para Dálmata


Saiba mais sobre raça

A saúde do Dálmata

O Dálmata possui algumas doenças genéticas que são consequência dos diversos cruzamentos realizados até chegar à raça que conhecemos hoje. No entanto duas doenças são mais comuns e de causa genética: cálculo renal e a surdez. Essa última é de grande incidência na raça e pode afetar um ouvido ou ambos, fazendo com que o cãozinho já nasça com essa condição. Cerca de 10% dos cães da raça Dálmata são surdos. A boa notícia é que o cachorro pode viver plenamente e 100% feliz mesmo com essa condição, apesar de ser necessário um adestramento diferenciado neste caso. É importante levar seu cãozinho em visitas periódicas ao médico veterinário para fazer acompanhamento e exames de rotina a fim de garantir que ele esteja saudável. E caso haja alguma anormalidade ela pode ser identificada e tratada o quanto antes.

Temperamento do Dálmata

Eles são animais amorosos com sua família, leais àqueles que gosta, um tanto tímidos e muito, muito ativos. Uma família de atletas deveria com certeza considerar ter um Dálmata já que ele é o melhor companheiro que se pode pedir para praticar corridas, para nadar, escalar etc. São cães inquietos em sua maioria, podem ser desconfiados com estranhos, agindo até mesmo de forma agressiva em alguns casos. Eles se dão muito bem com crianças, mas não toleram bem aqueles puxões típicos de bebês, por isso são indicados para o convívio com crianças um pouco maiores, já que eles poderão correr e brincar a vontade sem que seus limites sejam invadidos. Não são de latir à toa, mas usam esse recurso para avisar sobre alguma coisa estranha ou para se comunicar com o tutor. O treinamento precoce vai garantir que esse latido seja controlado e utilizado quando necessário e não para apenas chamar atenção.

Inteligência e Obediência do Dálmata

O cachorro Dálmata ocupa a posição 39 do ranking estipulado por Stanley Coren, no livro "A Inteligência dos Cães". Isso retrata que essa raça é inteligente e aprende rápido, mas tem um pouquinho de teimosia e precisa de reforço positivo para que atenda aos seus comandos sempre que você pedir. O bom é que, como eles são loucos por atividades físicas, esse reforço positivo pode ser dado com uma simples brincadeira ou uma bolinha jogada longe. Ainda filhotinhos eles devem ser submetidos à socialização. Passeios que apresentem o filhote a outras pessoas, outros animais e ao ambiente externo são essenciais para que esse pet cresça de forma equilibrada. Quando ele já for maior, você pode começar um treinamento voltado para outras atividades como o agility, por exemplo. Além de reforçar a concentração e a obediência do animal eles vão amar já que atividade física é seu nome do meio.

Expectativa de vida do Dálmata

A raça Dálmata possui uma expectativa de vida entre 10 e 13 anos. Apesar de possuírem propensão a algumas doenças genéticas, são animais saudáveis e não precisam de cuidados muito específicos. Vale sempre ressaltar a importância de manter as vacinações, vermífugos e antipulgas em dia, especialmente por serem cães que adoram curtir a vida em ambiente externo.

Cuidados específicos do Dálmata

Como já deu para ver pelos tópicos anteriores, o principal cuidado que você deve ter caso queira ter um Dálmata é o de mantê-lo sempre ativo. Ele precisa de caminhadas longas todos os dias e períodos de atividades intensas com jogos, brincadeiras, interação e estímulos. Por isso não são indicados para viver em espaços pequenos, mesmo que realizem atividades ao ar livre diariamente. Eles são cães grandes e este acumulo de energia não combina com espaços restritos. Os Dálmatas, apesar de soltarem pelo, não exigem cuidados demasiados com a aparência. Precisam de escovação regular e banhos apenas quando for necessário. No geral, são bem higiênicos e não apresentam mau cheiro com facilidade. Apesar de amarem espaços abertos são apegados aos tutores e gostam de dormir pertinho das pessoas. Não se dão bem com longos períodos deixados sozinhos, isso pode causar problemas de comportamento como destruição de móveis e objetos.

Curiosidadesdo Dálmata

Os Dálmatas são conhecidos por se darem muito bem com cavalos. Isso porque no ano de 1800 eles eram utilizados pela realeza para andar ao lado das carruagens. Dessa forma eles protegiam os cavalos além de dar um ar de elegância ao cortejo real. Filhotes de Dálmata já nascem cheios de energia e isso agregado ao fato de quase todo filhote ser peralta, resulta em algumas destruições pela casa. Eles gostam bastante de mastigar e por mais que você treine o animal desde cedo, ele ainda vai roer algum chinelo por aí. Fique atento! Cada Dálmata possui sua própria trama de manchas, quase como uma digital. Não existe nenhum cachorro idêntico ao outro.

Higiene e Limpeza para Dálmata


Outros produtos para Dálmata


Sentiu falta de alguma informação ou tem alguma sugestão para melhorar nossa página? Envie para a gente no email: [email protected]

Caracteristicas do Dálmata

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais

Fotos de Dálmata