Tudo sobre o seu:

Dandie Dinmont Terrier

Este pequenino de olhos grandes e escuros é de uma raça rara e não nega que é um Terrier, já que ama os momentos de caça. Independente e afetuoso, o Dandie Dinmont Terrier é indicado para casas com quintais ou com um pouco mais de espaço para que o peludinho possa deixar a sua imensa curiosidade fluir. Os cães dessa raça também são excelentes vigilantes e têm uma boa dose de coragem.

Características do seu Dandie Dinmont Terrier

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Dandie Dinmont Terrier

Tamanho

A altura varia de
20 a 27 cm

Peso

O peso varia de
8 a 11 kg
Pelagem
Grande atrativo visual do Dandie Dinmont Terrier, a pelagem é dupla, com subpelos macios e pelos mais duros. A franja exuberante ajuda o bichinho a ter uma aparência única. A coloração pode ser tanto pimenta quanto mostarda - a primeira variando entre um preto azulado e um cinza prateado, com topete branco, e a segunda é uma variação de um tom marrom avermelhado a um castanho claro, com um topete branco cremoso. Para manter o visual em dia dá um certo trabalho, já que o pelo deve ser dividido e moldado mensalmente, fora as escovações diárias.
Os cães dessa raça costumam apresentar boa saúde, porém, com o avançar dos anos é bom redobrar a atenção para doenças como displasia coxofemoral, glaucoma, epilepsia e problemas na coluna vertebral. Mantenha uma rotina com uma dose boa de exercícios, além de um bom espaço para o pet se movimentar com liberdade. Espaços restritos tendem a deixá-lo ansioso e irritado.
O Dandie Dinmont Terrier é bastante alegre e brincalhão, mas que entende bem quando é o momento de “trabalhar”, seja para caçar ou defender o território e a família. Tende a se dar muito bem com as crianças e outros pets, principalmente se o convívio com eles acontecer desde quando o cachorro ainda é um filhote. As visitas possivelmente serão recebidas com latidos, pois o pet procura mostrar sua desconfiança e precisa ser convencido de que o desconhecido não representa um perigo.
Como todo Terrier, este peludinho também exigirá uma boa dose de paciência. Mas fazendo uma abordagem adequada e positiva (com recompensas e carinho), ele será capaz de absorver tudo aquilo que for ensinado, pois é dotado de muita inteligência. Evite tarefas muito repetitivas ou longas demais, vá pelo caminho da objetividade e diversão para conquistar bons e rápidos resultados.
O esperto cachorrinho vive, em média, entre 12 e 15 anos.
Por ser um caçador nato, o Dandie Dinmont Terrier será o terror de pássaros, ratos, gatos ou qualquer outro animal que invadir o seu espaço (inclusive outros cães). Portanto, quando o pequenino estiver solto, certifique-se que o quintal não possui uma brecha na qual ele consiga passar para satisfazer seus instintos. Na rua, somente passeios com uso de guia e durante todo o tempo.
O Dandie Dinmont Terrier é o único cão que tem nome de personagem fictício. É que bem antes de ser oficialmente batizada, a raça ganhou fama ao aparecer no livro de Sir. Walter Scott Guy Mannering, publicado em 1814. Na publicação, um fazendeiro tinha seis terriers pequenos e compridos e seu nome era Dandie Dinmont. Logo, os pets passaram a ser conhecidos como terriers de Dandie Dinmont, com o apóstrofo "s" caindo ao longo do tempo.