Tudo sobre o seu:

Dogue Brasileiro

Criado aqui no Brasil pelo cinófilo Pedro Ribeiro Dantas, na década de 70, o Dogue Brasileiro, ou Brazilian Dogo, é uma raça desenvolvida especificamente para a função de guarda, sendo oriunda do cruzamento entre Boxers e Bull Terriers.

Características do seu Dogue Brasileiro

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
A pelagem da raça pode ser curta ou média, densa e áspera. O comprimento dela não deve ultrapassar 4,7cm e pode ser encontrada em várias cores, sem qualquer restrição. O Dogue Brasileiro não demanda de cuidados específicos em relação aos pelos. Uma escovação semanal ou quinzenal é o suficiente para mantê-los limpos e brilhosos.
No geral, o Dogue Brasileiro é um cão muito saudável e não apresenta qualquer predisposição a problemas relacionados à saúde. Ainda assim, é válido dizer que ele precisa ser levado ao médico veterinário regularmente, da mesma maneira que todas as outras raças.
O Dogue Brasileiro herdou a coragem do Bull Terrier e a postura firme do Boxer. Ele é ativo, afetuoso e muito dócil, características que o fez ser popularizado como o “cão amigo das crianças”. Fora isso, o Dogue é ativo, observador e protetor, de fisionomia séria para pessoas estranhas e carinhosa com os membros do lar.
Esses cães são inteligentes, obedientes e altamente treináveis, mas precisam ser educados firmemente desde filhotes para que não sejam teimosos ou resistentes a comandos. Lembre-se de que o reforço positivo, como carinhos e petiscos, é o melhor caminho para educar um cão, ao invés de gritos e punições.
Um Dogue Brasileiro vive, em média, entre 12 e 14 anos.
O Dogue Brasileiro possui o mesmo nível de energia de um Boxer ou Bull Terrier - altíssimo. Isso quer dizer que ele precisa de uma rotina intensa de atividades físicas para se manter ativo e saudável. Fora isso, o tutor deve se atentar à higiene das orelhas e dentes, além de aparar as unhas quando houver necessidade.
Inicialmente, o Dogue Brasileiro era chamado de Bull Boxer, nome que faz alusão às duas raças que deram origem a ele. Mas o seu criador, Pedro Ribeiro Dantas, decidiu alterar o prenome para Dogue Brasileiro, para expor que a raça é proveniente de molossos e o seu País de origem é o Brasil.