Tudo sobre o seu:

Laika da Sibéria Ocidental

O Laika da Sibéria Ocidental é uma das raças mais inteligentes que existem no mundo. Ele foi criado nas regiões extremamente frias da Rússia para fins de caça e para puxar trenós por longos caminhos. Olhando de longe, o cão pode ser facilmente confundido com um lobo. Inclusive, a raça carrega alguns aspectos comportamentais bastante parecidos com os seus ancestrais selvagens. Existem outros dois tipos de Laikas espalhados pelo mundo: o Laika Russo-Europeu e o Laika da Sibéria Oriental.

Características do seu Laika da Sibéria Ocidental

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
A pelagem da raça é dupla, semi-longa e densa, sendo ideal para proteger contra as baixíssimas temperaturas da região de origem. Ela pode ser encontrada nas cores branca, preta, cinza e vermelha pálida. É um cão relativamente limpo e não precisa de tantos cuidados em relação à higiene. Os pelos seguem a mesma linha: escová-lo uma vez por semana é o bastante para manter a pelagem limpa e brilhosa.
Os Laikas da Sibéria Ocidental são cães bastante saudáveis e, a princípio, não são propensos a nenhum tipo de doença hereditária. Ainda assim, é preciso levar o pet regularmente para consultas com um médico veterinário de confiança.
Apesar de ser um exímio cão de caça, o Laika da Sibéria Ocidental é um ótimo cão de família graças ao seu temperamento afetivo e leal. Inclusive, muitos elegem a fidelidade como sua principal característica. Ele pode ser um pouco desconfiado de pessoas estranhas e outros pets, mas o expor a novas situações, pessoas, animais e ambientes ainda quando filhote é o bastante para contornar essa questão quando atingem a fase adulta.
Os Laikas da Sibéria Ocidental são extremamente ativos, inteligentes e muito fáceis de treinar. Eles precisam de uma educação firme, mas sem exageros e broncas. Por isso, não são indicados para pais de primeira viagem. A inteligência da raça pode ser encarada como uma faca de dois gumes: eles sempre estão abertos a novos ensinamentos, porém, possuem uma série tendência à teimosia. A paciência e consistência é a chave para treinar um Laika.
Um Laika da Sibéria Ocidental vive, em média, entre 14 e 16 anos.
Se mora em um apartamento ou uma casa sem ambiente externo, o Laika da Sibéria Ocidental não é a raça certa para você. Esse cachorro necessita de muito espaço para viver. As raízes trabalhadoras da raça fazem com que seja um cão muito ativo. Por isso, ele precisa ser estimulado física e mentalmente todos os dias, seja por meio de passeios, caminhadas ou corridas, além de alguns jogos e brincadeiras em períodos isolados do dia.
Apesar de ser dificilmente encontrado por aqui, o Laika da Sibéria Ocidental é a raça mais popular da Rússia, desbancando até mesmo o Husky Siberiano, que é uma das raças mais famosas no Brasil e no mundo. Ela pode ser encontrada em todas as regiões florestais do seu País de origem, mas tem uma popularidade ainda maior nas regiões geladas.