Tudo sobre o seu:

Mastim Espanhol

Embora suas origens ainda sejam um mistério, acredita-se que o Mastim Espanhol foi criado há mais de dois mil anos. Nesta época, ele já era popular como um exímio cão pastor e guardião de gados na Europa, mas logo se tornou um cão de família graças ao temperamento protetor, amoroso e calmo. Há quem diga que a raça é originária dos antigos cães Molossos, assim como outros Mastins como o São Bernardo.

Características do seu Mastim Espanhol

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
De comprimento médio, a pelagem do Mastim Espanhol é dupla e densa e requer apenas uma escovação por semana e banhos ocasionais, isto é, quando houver necessidade. As cores mais populares desse gigante espanhol são: preto, castanho, vermelho, tigrado, tricolor ou qualquer mistura entre elas.
O Mastim Espanhol não possui nenhuma doença hereditária, mas é predisposto às mesmas enfermidades das quais outros cães grandes e gigantes sofrem, como displasia de quadril e joelho, olho entrópico e panosteíte, também chamado de “dores de crescimento”, que afeta cães de grande porte que crescem muito rapidamente.
Calmo, amoroso e leal, o Mastim Espanhol é um excelente cachorro de família que também pode ser usado para guarda, já que são extremamente protetores por natureza. Inclusive, ele é bem silencioso, mas late ferozmente caso veja alguma pessoa “suspeita”. Cães da raça adoram brincar por longos períodos com crianças, mas é preciso supervisioná-los, pois são enormes e estabanados. Assim como todos os cães, eles também precisam ser socializados precocemente para que não haja nenhum tipo de comportamento inadequado na presença de outras pessoas, animais ou em locais diferentes.
Embora o Mastim Espanhol seja muito inteligente, ele pode ser teimoso e independente em alguns casos, o que dificulta um pouco o processo de aprendizagem. Ele precisa de um tutor experiente que possa treiná-lo de maneira firme e consistente.
Um Mastim Espanhol vive, em média, entre 10 e 12 anos.
A raça, apesar de precisar de uma boa dose de exercícios físicos diariamente, costuma ser bem preguiçosa e inativa quando atinge a fase adulta, especialmente quando está em ambiente fechado. Ela também não é recomendada para viver dentro de pequenos apartamentos. Um Mastim Espanhol precisa de um ou dois passeios tranquilos por dia e um quintal grande para correr e brincar.
Apesar de ser amoroso e sociável, o Mastim Espanhol é muito territorialista por natureza e normalmente não curte a ideia de compartilhar o mesmo ambiente com outro pet, podendo até ser agressivo caso note a presença de algum outro animal desconhecido.