Tudo sobre o seu:

Norueguês da Floresta

O Norueguês da Floresta, também conhecido como Norwegian Forest Cat, tem uma aparência selvagem. É um gato que chama atenção por sua beleza e pelagem longa. Apesar de parecer um Lince, esse gato não tem temperamento selvagem, é bastante equilibrado e carinhoso. É um felino de origem antiga e muitas lendas e mitos circulam sobre sua história, sendo associado muitas vezes com os Vikings. Os padrões do Norueguês da Floresta foram reconhecidos pelas associações de gatos apenas em 1970, mas sua história começou há milhares de anos na Escandinávia. Uma das lendas diz que o Thor, o mais forte de todos os deuses, não conseguia carregá-lo e os trenós que levavam a deusa Freya eram puxados por gatos idênticos ao Norueguês da Floresta. O que se sabe é que esses gatos viveram por muito tempo nas temperaturas frias da Europa até despertarem o interesse dos criadores, desenvolvendo a raça que conhecemos hoje.

Características do seu Norueguês da Floresta

Energia
Apego ao dono
Tendência a miar
Amoroso
Inteligência
Brincalhão
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Norueguês da Floresta

Tamanho

A altura varia de
27 a 33 cm

Peso

O peso varia de
6 a 10 kg
Pelagem
A pelagem do Norueguês da Floresta é uma verdadeira obra de arte. É um pelo longo com subpelo espesso que o protegia do inverno rigoroso da Noruega. O pelo de cima é liso, brilhante e quase impermeável. A pelagem pode se tornar ainda mais espessa nos meses frios, quando o subpelo fica mais denso. A pelagem é curta na região dos ombros, aumentando o comprimento ao longo do corpo, até chegar no rabo, que é extremamente peludo. A região do pescoço forma uma espécie de juba. Todas as cores de pelagem são aceitas, menos o colourpoint (padrão de pelagem do Siamês).
O Norueguês é bastante saudável, mas por ser uma raça antiga, pode apresentar predisposição a doenças genéticas como cardiomiopatia dilatada, doença de armazenamento do glicogênio IV e deficiência de piruvato quinase. Todas essas doenças têm testes de DNA disponíveis para identificar gatos afetados ou portadores da doença. Há também uma tendência às doenças traumáticas, como displasia coxofemoral, que acomete principalmente raças de porte grande - já que o Norueguês pode chegar a pesar até 10Kg.
O olhar do Norueguês da Floresta diz bastante sobre ele. Muito seguro de si, esse felino é estável e equilibrado, são fáceis de lidar e calmos, mas também são brincalhões. É um verdadeiro atleta natural, preferindo lugares altos como a estante, armários e guarda roupas. Ele é um gato carinhoso, amigável e se dá muito bem com a família. Sua aparência selvagem e seu tamanho podem assustar à primeira vista, mas quem tem um Norueguês sabe que são felinos muito amáveis e dóceis. Seus antepassados passaram bastante tempo em ambientes hostis e com mudança de temperatura, por isso, são gatos que lidam bem com situações adversas do dia a dia e quase nada o tira do sério. Seus ronronados são potentes e sempre que ele estiver relaxado irá demonstrar isso ronronando muito para seu pai humano. Tendem a não escolher apenas um membro na família para amar, mas sim, amam igualmente a todos.
Todos os anos vivendo na floresta ensinou muito ao Norueguês, pois são gatos extremamente inteligentes, curiosos e observadores. Eles aprendem truques e comandos rapidamente e são maravilhosos para se conviver. Ofereça muitos arranhadores, brinquedos e lugares altos para esses gatos gastarem toda sua energia. Brinquedos que estimulem a caça também são recomendados. Esses felinos gostam que seus humanos participem das brincadeiras e também de segui-los por toda a casa.
A expectativa de vida do Norueguês da Floresta é entre 14 e 16 anos.
Brinque muito com o seu Norueguês e gaste toda sua energia. São gatos ativos e grandes que se não forem estimulados podem ficar obesos. Ofereça um enriquecimento ambiental com lugares altos, já que são escaladores natos, arranhadores e tocas para se esconderem. A raça é conhecida por sua pelagem longa e densa. Para evitar nós, é necessários escova-los pelo menos três vezes por semana. Há épocas (principalmente na primavera) em que sua pelagem pode cair mais, sendo recomendada uma escovação diária. Ofereça uma alimentação de alta qualidade para seu gato e fique atento ao aspecto de seus olhos, ouvidos e dentes. É recomendado que os dentes dos gatinhos sejam escovados pelo menos uma vez por semana para evitar doença periodontal. Leve o seu Norueguês ao médico veterinário para check-ups semestrais ou anuais e mantenha suas vacinas em dia.
O Norueguês da Floresta não era tão conhecido, porém tudo mudou quando o Rei norueguês Olaf V o nomeou como gato nacional, ficando popular rapidamente. Com seus grandes corpos e caudas espessas, o Maine Coon e Norueguês da Floresta parecem o mesmo gato. As aparências não enganam, pois testes genéticos indicam que o Maine Coon é descendente dessa raça.