Tudo sobre o seu:

Pastor de Brie

Também conhecido como Briard, o Pastor de Brie foi criado na França, mais especificamente na Bacia parisiense, para a função de pastoreio e guarda para proteger rebanhos e combater predadores. Durante a Primeira Guerra Mundial, a raça foi muito usada como sentinelas, portadores de munição, mensageiros e cães medicinais, graças ao seu espírito trabalhador. Nos dias atuais, o Pastor de Brie se destaca como um ótimo cão de família.

Características do seu Pastor de Brie

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
A pelagem da raça é longa, lanosa e levemente ondulada, podendo ser de todas as cores uniformes, exceto marrom, branco, acaju e bicolor. Ela requer uma boa atenção por parte dos pais humanos para se manter limpa e brilhosa. Um Pastor de Brie deve ser escovado diariamente, além de receber banhos a cada seis ou oito semanas. Assim como todas as raças com pelos longos, o Briard pode se sujar com muita facilidade - fora a chance dos pelos se emaranharem com o tempo.
Geralmente, os Pastores de Brie são fortes e saudáveis, mas, assim como a maioria das raças, são propensos a alguns problemas de saúde, como displasia de quadril, displasia do cotovelo, cegueira noturna estacionária congênita, hipotireoidismo, atrofia progressiva da retina, doença de Von Willebrand, torção gástrica e câncer. Vale destacar que nem todos os cães da raça sofrerão uma ou todas essas doenças, porém, é válido que quem pretende adotar um exemplar tenha ciência de todas elas.
Equilibrado, corajoso e leal, o Pastor de Brie é aquele famoso “obediente atrevido”, já que é muito inteligente e, ao mesmo tempo, independente. Ele é afetuoso e adora brincar com crianças, mas pode ser desconfiado com pessoas estranhas. Assim como todos os cães, o Pastor de Brie deve ser socializado precocemente para que ele se torne um cachorro firme e sem medos.
Segundo o autor de A Inteligência dos Cães, Stanley Cohen, o Pastor de Brie está entre as 30 raças mais inteligentes do mundo. Todavia, ele é um cão independente e, por isso, pode ser um pouco teimoso. Por isso, esse cão precisa ser muito bem treinado desde cedo, pois um filhote sem treinamentos pode se transformar em um adulto mal-comportado e sem limites.
Um Pastor de Brie vive, em média, entre 10 e 12 anos.
Uma das qualidades da raça é a adaptabilidade. Um Pastor de Brie pode viver muito bem tanto em apartamentos quanto em um quintal enorme, desde que tenha uma boa rotina de exercícios físicos. Não promover atividades físicas e mentais para um Briard não é algo aconselhável, já que o tédio o deixará destrutivo, ansioso e até agressivo. Fora isso, o protocolo deve ser o mesmo para todas as raças: verificar sempre a higiene bucal e das orelhas, aparar as unhas e levá-lo ao médico veterinário regularmente.
Há uma premissa de que ninguém menos que Thomas Jefferson tenha importado o primeiro Pastor de Brie para os Estados Unidos. O terceiro presidente estadunidense detestava cachorros, até que conheceu um Briard.