Tudo sobre o seu:

Schnauzer

Criado na Alemanha no século XV, o schnauzer miniatura era comumente usado como cão de caça de roedores (“cão rateiro”) e já, em alguns casos, como cachorro de companhia. Cheio de energia, o schnauzer hoje é bastante popular em todo o mundo, se destacando por sua lealdade com a família e por sua alegria infinita. Além do miniatura, o schnauzer possui as variações média e gigante. Sendo este último considerado uma raça à parte.

Características do seu Schnauzer

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
O pelo do schnauzer é bem diferente ao toque, quase que do "tipo arame" (nome dado aos pelos mais ásperos) quando tosados. Sua tosa é específica da raça, mantendo uma “saia” longa, barba e sobrancelhas que são devidamente aparadas com uma tesoura. No corpo, é de costume usar uma máquina com lâmina baixa para que seu porte seja notado e seus músculos (especialmente os das pernas) fiquem evidentes. Ela também facilitava em sua principal função, uma vez que dificultava a chegada dos roedores ao corpo do pet quando tentavam mordê-lo A cor mais comum dos schnauzers miniatura é a chamada “sal e pimenta”, aquele cinza mesclado com branco, mas também são aceitos o schnauzer branco, o preto e o preto com prata. Sua barba, saia e patas devem ser escovados com frequência, pois podem desenvolver alguns nós.
Problemas renais e do trato urinário, em geral, são comuns aos schnauzers. É preciso ficar atento aos sinais de doenças deste tipo como dificuldade para urinar, urina com sangue, sede ou pouca ingestão de água, entre outros. O hipotireoidismo pode ser uma das maiores causas de sobrepeso e obesidade em schnauzers. Realize checkups anuais com seu médico veterinário de confiança e entre em contato com ele caso note que houve um ganho de peso repentino do pet. Problemas oculares, como a atrofia progressiva da retina, e articulares, como a luxação de patela (espécie de “encaixe” errado da articulação do joelho) e displasia de cotovelo podem afetar alguns exemplares da raça. Pesquise bem os criadores de quem pretende adquirir um filhote de schnauzer. Profissionais sérios não permitem a procriação de animais com doenças genéticas e alertam os novos tutores sobre possíveis problemas no futuro.
O schnauzer é cheio de vida e sempre se mostra pronto para uma aventura ou brincadeira com sua família. Bem enérgicos, eles podem ficar tranquilamente por horas correndo atrás de uma bolinha, se demonstrar cansaço. Apegados aos seus tutores, eles costumam ser um pouco mais arredios com estranhos, especialmente dentro de suas casas, onde podem se mostrar bem protetores e até territorialistas. O schnauzer miniatura costuma latir bastante e é preciso direcionar seu pet corretamente desde filhote para que isso não se torne um problema.
Os schnauzers são muito inteligentes, mas costumam obedecer apenas aqueles com quem possuem um vínculo afetivo. Ser duro com um cachorro desta raça nunca é uma boa ideia, pois eles podem se mostrar ressentidos e não quererem mais realizar a tarefa que lhe foi solicitada. Schnauzers precisam ser socializados desde cedo e é ideal que eles se acostumem com outros cães, pessoas de diferentes idades e estilos, além de animais de outras espécies - já que podem criar o hábito de perseguí-los como faziam com os ratos e outros roedores pequenos no passado.
A expectativa de vida de um cachorro schnauzer miniatura é de 16 anos.
O schnauzer precisa gastar sua energia diariamente. Se você é do tipo sedentário e que não gosta de uma aventura, repense a raça. Uma hora de passeio pode não ser o suficiente para este pequeno animado. Atividades físicas e mentais prometem deixar o pet calmo e super satisfeito. Aposte numa mescla entre elas! Sua pelagem precisa de tosas a cada quatro meses, em média, e precisa ser escovada com frequência para que não forme nós.
Em alguns países, realizam a amputação de sua cauda e orelhas. A prática, porém, é proibida no Brasil quando feita por motivos estéticos. A raça também é chamada “zwergschnauzer” dependendo do local.
Videos
Ainda não temos videos para esse pet