Tudo sobre o seu:

Selkirk Rex

O Selkirk Rex é uma raça de gato que tem uma pelagem com aspecto de lã e por isso às vezes é chamado de gato em pele de cordeiro. Como seus parentes de pelos cacheados Cornish e Devon Rex, o Selkirk é o resultado de mutações genéticas naturais, mas devido à sua pelagem densa e corpo robusto, ele é considerado uma raça diferente. A história do Selkirk começou em 1987 com uma gata selvagem que deu à luz a um ninhada de cinco gatinhos e um deles tinha a pelagem encaracolada incomum. Um criador então se interessou por esse filhote e o adquiriu, pensando que ele poderia carregar o gene rex. Mas na verdade, era um novo tipo de gene rex diferente do que era encontrado no Devon e Cornish. Esse mesmo criador decidiu cruzar a gatinha de pelos encaracolados com um Persa preto e, da ninhada, três nasceram com os pelos enrolados. O Selkirk foi reconhecido pelas associações de gatos em 1990.

Características do seu Selkirk Rex

Energia
Apego ao dono
Tendência a miar
Amoroso
Inteligência
Brincalhão
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do Selkirk Rex

Tamanho

A altura varia de
20 a 25 cm

Peso

O peso varia de
3 a 6 kg
Pelagem
Um dos aspectos mais interessantes no Selkirk é sua pelagem, sendo densa e encaracolada. Há variações de comprimento de pelagem, podendo ser curto ou longo. Apesar de densa, seu pelo é macio como pelúcia e pode ter todos os padrões de cores e tons.
Por ter tido origem de um cruzamento com Persas, o Selkirk pode desenvolver algumas doenças genéticas ligadas a raça. Entre elas estão a doença renal policística, cardiomiopatia dilatada e displasia coxofemoral. A doença renal policística é caracterizada pelo crescimento de cistos nos rins que podem levar à disfunção renal. A cardiomiopatia dilatada é uma doença cardíaca que faz com que o músculo do coração fique espesso, dificultando a circulação sistêmica. Já a displasia coxofemoral é um defeito hereditário que faz com que a cabeça do fêmur desloque da cavidade do quadril, causando dor e dificuldade de locomoção. Por isso, é muito importante estar com as consultas ao médico veterinário em dia para garantir a saúde do seu Selkirk.
O Selkirk Rex é um gato de temperamento calmo e muito carinhoso. Por ser mistura do Persa, seu jeito de ser é tão gentil e sociável quanto a do seu parente, porém, é mais ativo e enérgico do que eles. Os amantes do Selkirk relatam que é um privilégio conviver com a raça, eles são doces, apegados e divertidos ao mesmo tempo. Apesar de serem tolerantes e afetuosos, os Selkirks nem sempre gostarão de colo, mas se dá bem com crianças e outros pets. Por ser sociável, ficar muito tempo sozinho não é uma boa para essa raça, por isso, é necessário mantê-lo entretido e na companhia de outros gatinhos. Seu miado é baixo e calmo e ele não irá pensar duas vezes em usá-lo para chamar sua atenção e receber um carinho ou sua comida preferida.
A raça é bastante inteligente e aprende truques e comandos rapidamente, contanto que receba um petisco ou carinho em troca. Muitos dizem que o Selkirk mantém sua postura de filhote até adulto, sendo brincalhão e ativo por muito tempo. Por esse motivo, sua casa precisa estar preparada para as aventuras desse gato. Ofereça lugares altos, janelas para ele observar o movimento, bastante brinquedos e interaja todos os dias para ele gastar energia.
A expectativa de vida desse gatinha é em média 14 anos.
O Selkirk Rex não exige muitos cuidados específicos, mas a escovação semanal do seu pelo é necessária para evitar emaranhados, já que eles são densos e enrolados. A pelagem desta raça tende a cair bastante, principalmente na primavera, por isso a escovação torna-se ainda mais necessária para remover os pelos mortos. A escovação de seus dentes também é essencial para evitar a gengivite ou problemas mais graves como doença periodontal. Esteja atento também à sua higiene geral como o aspecto do seu pelo, orelhas, boca e olhos. A caixa de areia precisa estar sempre limpa, pois como qualquer outro gatinho, o Selkirk é exigente quando trata-se de seu banheiro. Mantenha seu gato dentro de casa e leve-o ao médico veterinário para consultas de rotina, vacinas e realizar vermifugação quando necessário.
O nome do Selkirk vem de Montes de Selkirk, situado no EUA, local em que a tutora do primeiro gatinho Selkirk morava.