Tudo sobre o seu:

Vira Lata (SRD)

Espertos, agitados e cheios de amor, os Cachorros Vira Latas são muito carinhosos e fiéis aos seus pais humanos. Com características únicas que variam de cão para cão, eles são verdadeiras caixinhas de surpresa em relação ao temperamento, cor, nível de atividade e muitos outros fatores. Vale lembrar que os primeiros meses de vida do cão influenciam muito no modo como vão encarar a vida e é por isso que eles podem ser completamente diferentes, especialmente quando falamos sobre os SRDs, que comumente passam por situações adversas antes de chegar a um lar. O cão Vira Lata não possui origem definida por se tratar de uma mistura de raças. A ideia de que são “cães de rua” é cada vez menor, deixando em evidência as verdadeiras características positivas de um Vira Lata. Podemos separá-los em “categorias”: híbridos, que são a mistura de duas raças definidas (Labrador e golden, por exemplo); mestiços, que possuem características físicas de duas ou mais raças e os Vira Latas que, por carregarem a genética de diversas raças, não se assemelham fisicamente com nenhuma raça definida.

Características do seu Vira Lata (SRD)

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
Os Cachorros Vira Latas podem apresentar diversos tipos e cores de pelagem. Apesar disso, é fácil definir um padrão médio: pelos curtos e de cor escura ou creme. Isso acontece por conta da mistura de raças que um cão Vira Lata pode ter, fazendo com que as heranças genéticas mais dominantes costumem ser as mais presentes.
Os Cachorros Vira Latas tendem a ter a saúde melhor do que a dos demais cães por serem mais resistentes. Diferentemente do que se acredita, essa resistência não é adquirida devido ao fato de já terem contraído doenças e terem se tornado imunes a elas (e nem todos os cães já moraram na rua, por exemplo). A resistência imunológica é maior porque a cruza dos Vira Latas muitas vezes não é “assistida”, sobrevivendo apenas os filhotes mais fortes da ninhada. Independentemente da cruza do animal, é muito difícil prever quais tipos de doenças podem afetar a vida dos Cachorros Vira Latas e, por este motivo, consultas regradas com um médico veterinário são muito importantes para evitar maiores complicações. Nem sempre os SRDs herdam as doenças típicas das raças de seus pais. Apesar do fato dos cachorros sem raça definida serem mais resistentes, é errado pensar que por este motivo os cuidados como vacinas, antipulgas e vermífugos podem ser dispensados. Como qualquer outro cachorro, é fundamental cuidar da saúde levando em consideração a necessidade de cada cão com suas características únicas.
De modo geral, os Cachorros Vira Latas são cães carinhosos, brincalhões e parceiros. Costumam ser muito fiéis aos seus tutores, demonstrando amor a todo momento. Mais uma vez, tudo depende da mistura de raças que deu origem ao Vira Lata em questão e, também, da própria índole do cão. Por exemplo, um cachorro pode ser brincalhão como um Beagle ou preguiçoso como um Pug. Independentemente da raça, todos os cães devem ser cuidados com muito amor e carinho, afinal de contas, quem não gosta de um cafuné?
Como qualquer outro cão de raça definida, os Cachorros Vira Latas podem ser adestrados e se tornam muito obedientes quando ensinados. Aqueles que moraram nas ruas, possuem o olfato muito mais aguçado por usar e abusar desse sentido em busca de alimento. Os Vira Latas são caixinhas de surpresa, uma vez que podem ter diversos tipos de comportamento e temperamento. Outro fator importante é a criação do cachorro, se você ensiná-lo desde pequeno (ou desde quando chegou em sua casa) o que deve e o que não deve ser feito, ele vai aprender e seguir as regras. Assim como todo cão, os SRDs são apaixonados por brinquedos e petiscos, então, estes podem ser bons aliados quando você for educar o seu cãozinho. São muito inteligentes e têm o costume de aprender rápido as instruções em qualquer fase da vida.
Os Cachorros Vira Latas vivem, em média, 16 anos. Esse fator também depende da mistura de raças e da forma como a família cuida do cão. Se as visitas ao médico veterinário forem regradas, o cachorro tem ainda mais chances de viver uma vida mais longa e de maneira saudável.
Por conta da mistura de raças, os cachorros sem raça podem apresentar necessidades de cuidados diferentes: um cão com pelo mais longo precisa ser escovado com mais frequência do que um cão com pelo mais curto, um cão com dobrinhas precisa de mais atenção com a pele do que um cão sem dobrinhas e por aí vai.
Diferentemente do que se acredita, os Vira Latas possuem a saúde melhor devido a uma seleção natural quando nascem. Como a ninhada costuma contar com pelo menos cinco filhotes, apenas os mais fortes sobrevivem. Os Vira Latas são os favoritos das famílias paulistanas: numa pesquisa feita em 613 lares, a maioria possuía um Vira Latinha. O nome “Vira Lata” é 100% brasileiro. Em países de língua inglesa, cães sem raça definida são chamados de "mixed breed". O número de animais (cães e gatos) abandonados em nosso país ultrapassa os 30 milhões. Esse dado divulgado em 2017 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) mostra o quanto ainda temos que evoluir quando o assunto é adoção e posse responsável. A maioria dos pets sem lar é de raça indefinida ou mestiços. Os motivos para o abandono são quase inacreditáveis e vão desde porque o cão late demais ou fez suas necessidades onde não devia até casos de agressividade e falta de controle e paciência dos tutores quando o assunto é educá-los. Embora tenhamos várias ONGs e protetores de animais no Brasil, ainda é pouco perto do número de pets que precisam de ajuda.
Videos
Ainda não temos videos para esse pet