Tudo sobre o seu:

Spaniel Bretão

O Spaniel Bretão, também conhecido como Brittany, foi criado como gundogs (cães criados para auxiliar caçadores de aves), e ele definitivamente tem pássaros no cérebro. Ele é feliz, elegante e hiperativo. Assim como todas as raças esportivas, o Bretão tem energia de sobra, e isso combinado com outras qualidades pode torná-lo um bom companheiro para o lar. Os primeiros registros de cães da raça são visuais: pinturas e tapeçarias que datam do século XVII. Eles chegaram aos Estados Unidos na década de 1930, onde tornaram-se famosos pelo mundo inteiro.

Características do seu Spaniel Bretão

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
Densa, lisa ou ondulada, retorcida ou sedosa, a pelagem do Spaniel Bretão não precisa de cuidados específicos. Mantê-la em boas condições requer apenas uma escovação semanal e um banho com shampoo seco, quando necessário. Mas comumente, os cães da raça são laranja e branco ou fígado e branco. Às vezes também podem ter um padrão de roan, que é uma mistura fina de cabelos coloridos e brancos.
O Spaniel Bretão geralmente são saudáveis, mas como todas as raças, são propensos a certas condições de saúde. Lembrando que nem todos os Brittanys sofrerão uma ou todas essas doenças, mas é importante estar ciente delas caso esteja considerando adotar um cãozinho da raça. Displasia da anca: uma condição hereditária no qual o osso da coxa não se encaixa perfeitamente na articulação da anca. Alguns cães mostram dor e claudicação em uma ou ambas as pernas traseiras, mas você pode não notar nenhum sinal de desconforto neles. Epilepsia: esse distúrbio causa convulsões leves ou graves. Pode ser hereditária ou desencadeada por eventos como distúrbios metabólicos, doenças infecciosas, tumores, exposição a venenos ou ferimentos graves na cabeça. Hipotireoidismo: é um nível anormalmente baixo do hormônio produzido pela glândula tireóide. Existem alguns sinais óbvios da doença que os pais podem notar, como obesidade, embotamento mental, queda das pálpebras, baixos níveis de energia e ciclos de calor irregulares.
Os cães da raça são sempre felizes e alertas. Como convém a uma raça apontadora, eles são curiosos e independentes, mas respondem bem à sua família, já que estão sempre querendo agradá-la. Eles não são apenas energéticos, eles são inteligentes, por isso precisam de muito exercício e estimulação mental todos os dias. Assim como todos os cães, o Spaniel Bretão precisa de socialização precoce - exposição a muitas pessoas, visões, sons e experiências diferentes - quando jovens. Isso ajudará a garantir que ele cresça e torne-se um cão completo.
Se pretende adotar um Spaniel Bretão, saiba que será preciso conciliar uma rotina pesada de exercícios físicos e o emprego, já que ele possui uma energia invejável. A raça é conhecida por ser sensível a tratamentos agressivos. Um olhar severo ou uma palavra afiada costumam ser punição suficiente para ele. Portanto, os pais devem treiná-lo com consciência e firmeza, usando técnicas de reforço positivo, como elogios, brincadeiras e recompensas alimentares. Fora isso, geralmente não se tem qualquer dificuldade para adestrar um cão da raça, basta ter persistência e paciência.
Sua expectativa de vida varia entre 10 e 13 anos.
Brittanys são ativos dentro e fora de casa, Eles fazem melhor se tiverem um quintal grande ou, melhor ainda, algumas áreas onde possa gastar parte do excesso de energia. Sendo assim, não são adequados para uma vida dentro de um apartamento ou na cidade, a menos que os pais tenham tempo e dedicação para fornecer a quantidade e o tipo de exercício de que precisam. Essa raça é resistente a condições frias e úmidas ao caçar, mas deve viver em ambientes fechados com as pessoas que ama. Como qualquer cão, o Spaniel Bretão deve ficar confinado em um quintal cercado com segurança quando não estiver sendo supervisionado. Apesar de adorar exercícios físicos, os pais devem limitar os exercícios para o Bretão enquanto filhote, pois as articulações ainda não são totalmente formadas e a coordenação muscular e a capacidade de foco também.
Embora sejam amigáveis e pareçam infantis, não é recomendado deixar crianças pequenas brincarem com cães da raça sem supervisão de um adulto. Eles têm tanta energia e entusiasmo que podem ferir acidentalmente o garoto ou garota.