Tudo sobre o seu:

Volpino Italiano

O Volpino Italiano é uma raça extremamente antiga. Existem resquícios que comprovam sua existência em 4.000 a.C. Esses cachorros foram companheiros dos romanos, alemães, celtas e até vikings, e agora são conhecidos como exímios cães de família. O Volpino pode ser facilmente confundido com o Spitz Alemão, pois possuem os mesmos antepassados.

Características do seu Volpino Italiano

Energia
Obediência
Inteligência
Territorialista
Apego ao dono
Tendência a latir
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!
Pelagem
A pelagem do Volpino Italiano é ereta, densa, longa e de textura áspera, podendo ser na cor branca ou vermelha unicolor. Alguns exemplares podem ser na cor champagne, mas a cor não é tão desejada por criadores. Ela deve ser escovada ao menos duas ou três vezes por semana e tosada na tesoura com regularidade.
Volpinos Italianos são cães relativamente saudáveis e apresentam poucos problemas de saúde, porém alguns podem desenvolver problemas cardíacos ou oftálmicos, como a luxação de cristalino e catarata.
Alegre, ativo e brincalhão, o Volpino Italiano é um excelente cão de família. Ele é alerta e faz muito bem o papel de guarda, mesmo não intimidando ninguém com a sua aparência fofa e encantadora. Esse cachorro se destaca pelo temperamento afetivo e leal, o que o torna muito apegado aos humanos do lar.
O Volpino Italiano tem um alto nível de inteligência e adora agradar as pessoas da sua família, o que facilita o treinamento. No entanto, ele tem tendência a ser teimoso e independente e, por essa razão, é necessário um treinamento firme e consistente à base de reforço positivo desde filhote.
Um Volpino Italiano vive, em média, entre 12 e 16 anos.
No geral, o Volpino Italiano exige uma média quantidade de exercícios diários, mas isso não quer dizer que os pais humanos devem baixar a atenção em relação a isso. Passeios e caminhadas curtas, além de algumas sessões de jogos e brincadeiras em períodos isolados do dia são o bastante para manter o cão ativo e saudável. Fora isso, assim como todos os cães, ele precisa de um ambiente rico para que não fique ocioso e, consequentemente, desenvolva alguns comportamentos inadequados.
Apesar da fama antiga, o Volpino Italiano chegou muito perto de ser extinto no século XX. Entretanto, alguns criadores se empenharam firmemente para manter a raça.