Seis cães de caça que viraram de companhia

Já parou para pensar que exemplares da raça do seu filho de quatro patas foram exímios caçadores há centenas de anos? Afinal, é difícil imaginar que um cãozinho tão fofo e amigável era utilizado para perseguir e rastrear outros animais.

Muitas raças foram desenvolvidas especialmente para a prática da caça. Entretanto, com o passar do tempo, esses cachorros cavaram um lugarzinho especial no coração de muitas pessoas que, há muito tempo, não vivem mais sem um peludinho dentro do lar.

Você sabe quais linhagens eram conhecidas antigamente principalmente pelas habilidades de caça? Listamos seis das mais populares no mundo, confira:

 

Labrador Retriever

Desenvolvido no século XIX, no Canadá, o Labrador Retriever é um dos cães mais famosos do mundo. Sempre amorosa, fiel e inteligente, a raça se destaca nos dias atuais como cão de companhia, porém, era muito utilizada há décadas como cão de caça, ou melhor, “cão de pesca”.

Quem conhece um Labrador sabe que ele é ótimo em tudo que faz, seja como cão policial ou como guia para pessoas deficientes visuais, por exemplo. Para fins de caça, o nível de excelência desses cães também sempre foi muito alto: eles eram usados por pescadores na Ilha de Terra Nova, local onde surgiram, para ajudar a trazer as redes de pesca das águas extremamente frias e congelantes para a terra.

Seis cães de caça que viraram de companhia

Beagle

Alegres, enérgicos e comilões: essas são umas das características principais dos Beagles, que possuem um passado ligado diretamente à caça. Antes, a raça, que é conhecida especialmente pela paixão por farejar, utilizava essa especialidade para caçar coelhos e lebres, mas nos dias atuais utiliza essa artimanha para buscar o que mais ama: comida!

Apesar de ocupar apenas a 72° posição do ranking dos cães mais inteligentes do mundo, de Stanley Coren, a raça é muito esperta e aprende comandos facilmente – ainda mais se estiver munido de comida ou algum petisco que o cão adora.

Seis cães de caça que viraram de companhia

Dachshund

Se engana quem acha que apenas cães de médio ou grande porte eram usados para fins de caça. Mais conhecido como “Salsicha”, o Dachshund ganhou fama na Alemanha, na Idade Média, graças a sua estrutura que o permitia alcançar animais dentro das tocas, principalmente raposas e texugos.

Apesar dessa habilidade, a raça começou a tomar conta dos lares como cão de companhia por volta de 1800. Anos depois, ela chegou aos Estados Unidos, onde foi registrada oficialmente pelo Kennel Club. Todavia os “Salsichas” perderam parte da sua popularidade por serem associados aos alemães, na época da Segunda Guerra Mundial. Essa impopularidade durou pouco, já que, hoje em dia, o Dachshund é uma das raças mais conhecidas do mundo.

Seis cães de caça que viraram de companhia

Maltês

Criado no ano de 500 a.C., na República de Malta, o Maltês, apesar de ser difícil de acreditar que um cão tão fofo e amigável como esse era usado para a caça, era bastante popular como “rateiro”, isto é, a função inicial dele era de caçar ratos e outros roedores.

Exemplares da raça são apontados por muitos como o mais antigo de todos os cães do tipo “toy” (miniatura) da Europa. Antigamente, eles eram conhecidos como “Maltese Terrier”, por suas ótimas atribuições como caçador de roedores.

Seis cães de caça que viraram de companhia

Poodle Gigante

Criado na Alemanha, por volta do século XVI, o Poodle Gigante é conhecido especialmente por ser muito fiel à família e extremamente esperto, estando entre os mais inteligentes do mundo canino.

Mesmo sabendo que a raça possui algumas variações, saiba que a versão gigante é a original. Com um porte firme e atlético, o Poodle foi criado principalmente para caçar aves aquáticas – isso explica o porque eles adoram perseguir objetos e praticar muita atividades na água.

Poodle Gigante

Seis cães de caça que viraram de companhia

Cocker Spaniel Inglês

Por fim, conhecido atualmente por sua beleza, o Cocker Spaniel Inglês era conhecido antigamente como um ótimo auxiliar de caça, isto é, ele afugentava aves, como galinhas e faisões, para os caçadores, recolhendo o animal abatido, seja na terra ou na água.

A raça ganhou popularidade em meados do século XVIII, na Grã-Bretanha, quando conquistou o coração de muitos caçadores com incríveis habilidades de busca e caça.

Seis cães de caça que viraram de companhia

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

2 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.